noticias gospel

Droga no altar: Quem são os pastores viciados em cocaína?

Publicado em: 07/08/17 as 11:46 por Micael Batista

Compartilhe:

 

A igreja brasileira vive um drama triste e obscuro, uma realidade tão terrível que à anos vem sendo ignorada por diversos líderes religiosos e fiéis mais devotos. São os pastores viciados em drogas.
Eles existem, e estão principalmente, nos principais congressos e nos maiores púlpitos pregando para multidões.

Em maio de 2014, o saudoso pastor Cesino Bernadino, chocou a comunidade evangélica brasileira, ao afirmar que durante muitos anos alguns pregadores que passaram pelo altar do congresso Gideões Missionários da Última Hora, estavam sob efeito de bebida alcoólica e cocaína.

Ele falou isso durante sua participação no fechamento do congresso, prometendo fazer uma limpeza na lista de pregadores.
Dias depois o vídeo em que o pastor Cesino aparece fazendo essa declaração, começou a ser removido do Youtube.

Três anos depois, o número de pastores que usam drogas e ingerem bebidas alcoólicas, só tem aumentado.

Quem são eles?

A grande maioria estão entre os pastores itinerantes, são homens que ficam longe da família por longos períodos e acabam se entregando a bebida, drogas e prostituição.
Boa parte desses, foram abandonados pela esposa e/ou vivem um casamento destruído, de aparência, por que sabem que um pastor divorciado acaba perdendo muitas agendas.

Estamos acompanhando a trajetória de alguns pastores que estão se recuperando depois de terem perdido tudo o que construíram ao longo de anos, após terem se entregado ao vicio.
Uma decisão difícil, que exige coragem, e sobretudo, respeito!
Vamos contar quem são, quem foram e o que perderam ao longo da caminhada.

Quanto aos que continuam no altar, estes serão listados em breve.

Compartilhe: