Processo antigo contra Cassiane é desarquivado pela justiça

Publicado em: 06/07/17 as 14:26 por Micael Batista
Compartilhe:

O juiz Eduardo Velho Neto, deferiu o desarquivamento do processo Nº 0004474-68.2013.8.26.0451  com pedido de indenização por dano moral contra Cassiane Santana Santos Manhães Guimarães.

O processo havia sido julgado pelo mesmo juiz em 2013, que julgou improcedentes as ações de indenizações propostas por João Carlos de Oliveira.
João Carlos é compositor e em 1984 teria feito uma música cujo nome é “Venha ao Senhor”.
João alega que Cassiane teria sido co-autora, porque fez a segunda estrofe da música, no entanto, sem sua autorização, Cassiane mudou o nome da música e a gravou em 1985.
Devido a isso, o compositor busca ser reparado dos prejuízo sofridos, já que a música teria sido um sucesso e a cantora certamente teria lucrado com seu trabalho.
Desde 2001 ele tenta na justiça essa reparação, mas o caso só veio a ser julgado em 2013, quando a prescrição ordinária de 10 anos já havia ocorrido.
O valor da ação é de R$ 500.000,00 (Quinhentos mil reais).
Veja a sentença proferida pelo Juiz Eduardo Velho Neto em 2013:
Quatro anos depois, o mesmo juiz autorizou o desarquivamento do processo, no entanto, não se sabe até o momento se o caso voltará a ser julgado.
Veja a autorização de desarquivamento do processo.
Compartilhe: