E agora Malafaia? Ap. Wesley Alves apresenta provas contra o divisor de Londres


Publicado em: 24/07/17 às 15:04 por Micael Batista | Atualizado em 31/08/2017 às 1:17


Recentemente publicamos uma matéria denunciando que o pastor Jackson Antônio, líder da Catedral Internacional em Londres, havia fundado a igreja com fruto de uma divisão, ou melhor, duas divisões.
Conforme publicamos, o pastor Jackson foi responsável por dividir a ADLondres (Ap. Wesley Alves) em meados de 2003 e em seguida, também dividiu a World Revival Church, igreja do apostolo Ouriel de Jesus (Boston).

Nossa reportagem foi duramente criticada pelo pastor Silas Malafaia, que nos acusou de calunia e nos desafiou a provar o que publicamos, além de ameaçar processar o site.

Em seguida, nossa redação passou a assistir dezenas de vídeos de ministrações do pastor Jackson Antônio, em uma delas em especial, gravada no congresso Fogo Para o Brasil em 2015, ele relata que recebeu ofertas milionárias e que é dono do prédio da igreja, que segundo ele, está avaliado em mais de 4 milhões de libras esterlinas.

Como na Inglaterra as contas das igrejas são públicas, todo patrimônio, entrada e saída da igreja tem que ficar exposto para qualquer cidadão numa espécie de portal da transparência, nós fomos conferir se as informações do pastor Jackson Antônio eram verdadeiras e para nossa surpresa, nada disso consta no site do governo.

Segundo o site oficial, ele nunca recebeu as tais ofertas milionárias e o patrimônio da igreja não chega a 180 mil libras.
Além disso, encontramos uma cópia do contrato de aluguel do prédio que custa 80 mil libras por ano, todas informações públicas.

Como temos compromisso com a verdade, também revelamos todos os detalhes da viagem feita pelo nosso repórter a Londres e todas as igrejas que ele visitou.

Para coroar nossa reportagem investigativa e provar mais uma vez que não trabalhamos com calúnias e inverdades conforme afirmou o pastor Silas Malafaia, hoje pela manhã o apostolo Wesley Alves, líder e fundador da ADLondres, decidiu se pronunciar sobre o caso.

Em vídeo, ele confirma todas as informações publicadas com exclusividade pelo Fuxico Gospel e responde ao pastor Silas Malafaia.

Wesley Alves trouxe luz as denúncias, revelando inclusive, que foi ele quem consagrou Jackson Antônio a pastor.

Sobre a provocação de Malafaia, Wesley Alves responde a altura.

Assista esse vídeo e compartilhe:



Aniversariante do mês
Caio Fábio

Escritor

63 anos


publicidade

Mais artigos

Homem é atingido por bala perdida dentro de igreja e fiéis se desesperam

O incidente aconteceu no momento do culto, surpreendendo as pessoas que cultuavam


Alisson Santos desabafa e manda indireta para quem criticou o fim da dupla com Neide

O cantor acabou a dupla para seguir carreira solo no final do ano passado, e foi alvo de muitas críticas


Pastor da Assembleia de Deus é preso em flagrante após marcar encontro com menor

A Polícia foi avisada com antecedência e seguiu o indivíduo até o local do encontro marcado com a garota, prendendo o pastor em flagrante


Filha de pastor grava áudio desesperada: passamos fome

O áudio que denuncia o pastor Valdomiro Pereira foi gravado pela filha do pastor Fernando, e está circulando em grupos de WhatsApp


“Profecia” de Marco Feliciano se cumpre e pastor comemora

Feliciano foi um dos deputados que votou para que o processo de denúncia contra Temer fosse arquivado enquanto ele estivesse no poder


37 fatos que talvez você não saiba sobre Priscilla Alcantara

A cantora gospel já conheceu o Chaves [Roberto Bolanos]


Cassiane, Elaine Martins e Eli Soares, são processados em R$500 mil reais

Até o missionário RR Soares foi citado no mesmo processo


Pastor e cantor gospel Kleber Lucas proíbe entrada de grupo de pessoas em sua Igreja

Kleber Lucas é cantor, compositor, pastor e fundador da Igreja Batista Soul


Samuel Mariano esclarece vídeo polêmico em que aparece fazendo cobrança

Samuel disse que o vídeo é antigo, e que tudo não passou de uma brincadeira que fez com o empresário


Ex-integrante do grupo Voz da Verdade é consagrada a pastora pelo pai

Durante 15 anos Lydia fez parte do grupo, somente em 2005, gravou seu primeiro álbum solo, "Protegida"