Porque o Estado Islâmico ataca cristãos?

Publicado em: 12/04/17 as 4:19 por Micael Batista
Compartilhe:
O Estado Islâmico tem se tornado cada vez mais conhecido no mundo todo, por sua agressividade e violência contra pessoas que não professam a mesma fé que ele.
Este grupo de terroristas, costuma torturar e matar  a todos que se negam a aceitar a sua visão extremista do islamismo.
Ao contrário do que muitos pensam, o Estado Islâmico não persegue apenas cristãos, infelizmente a mídia não mostra tudo o que você precisa saber sobre o Estado Islâmico, simplesmente a  TV prefere não mostrar tudo  que acontece por trás de tanta barbaridade.
A razão pela qual o Estado Islâmico mata tanto cristãos e qualquer pessoa que se oponha a sua religião, é porque desde jovens, são estimulados a buscarem a morte através da violência em nome de Alá.
Eles são ensinados que se quiserem ter seus pecados perdoados e merecer entrar no paraíso, o mesmo paraíso onde só entram os Profetas, os Justos e Shahids, ou até mesmo mártires, precisam estar dispostos a morrer ou matar por esta causa.
Eles crescem acreditando que se forem atingidos pelas balas dos infiéis, ou seja, de pessoas de outras religiões, serão recepcionados como um verdadeiro mártir no paraíso, por 72 mulheres virgens.
Segundo os ensinamentos que recebem, as mulheres que o receberão no paraíso, possuem olhos negros, uma pele branca e os cabelos pretos.
 Essas mulheres nunca ficam menstruadas, não evacuam e tem o corpo completamente  depilado.
Cada um deles terá à sua inteira disposição, 72 camas, uma para cada mulher.
Essa é a principal motivação que cada membro do Estado islâmico possui, para cometer tamanhas atrocidades.
Compartilhe: