Pastor Edson Feitosa é acusado de “Barrar” obreiros de entrar na igreja

Publicado em: 18/04/17 as 15:41 por Micael Batista
Compartilhe:

O caso do Pastor Edson Feitosa, presidente da Assembleia de Deus em Matinhos-PR, está ficando cada vez mais insustentável.
Depois de desobedecer a decisão da CIEADEP (Convenção das Assembleias de Deus do Estado do Paraná) de tirá-lo de Matinhos para Cerro Azul, agora ele decide “Barrar” os obreiros que são contrários a ele, de entrarem na igreja durante uma reunião.

Na noite desta segunda-feira, a Polícia Militar da cidade foi acionada, para resolver um problema na porta da igreja Assembleia de Deus, onde vários obreiros estavam reclamando pelo direito de entrarem no templo.

Em vídeo, um dos obreiros relatou o caso:

Compartilhe: