Senador evangélico se “acovardou” em votação que aprovou casamento gay


Publicado em: 10/03/17 às 15:21 por Micael Batista


Compartilhe:

O Senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), envergonhou a chamada “Frente evangélica” no senado, após votar por “abstenção” no projeto que acabou sendo aprovado no CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, que aprova a união estável entre pessoas do mesmo sexo.
O projeto é de autoria da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) e relatado pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR), e altera pontos do Código Civil, que atualmente classifica como entidade familiar “a união estável entre o homem e a mulher”.

Eduardo Lopes é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e seu voto foi considerado uma “Covardia”, por muitos líderes religiosos e até mesmo, alguns colegas.
Sendo ele evangélico, ele deveria ter no mínimo se posicionado contra, e se mostrar a favor da família. Disse o pastor Enoque Batista, da igreja presbiteriana do Brasil em seu perfil no Facebook.
Veja a relação dos votos:

Senador Magno Malta

Senador Magno Malta
No dia da votação, o senador Magno Malta estava doente e se recuperando no hotel.
Com a ausência de Malta, o PLS 612/2011, teria muito mais chance de ser aprovado e foi imediatamente colocado em pauta, o que não estava programado para aquele dia.
Ao saber que o CCJ iria votar esse projeto, Malta, mesmo doente, se dirigiu até o senado, o que acabou sendo em vão, porque ao chegar no local, a comissão já havia aprovado o projeto de lei.
Porque então o senador Eduardo Campos não se manifestou, pedindo que esperassem pela chegada do senador Magno Malta que estava doente e à caminho?
Porque não avisou a Malta sobre a votação?
No dia da votação, o presidente da frente evangélica era o deputado João Campos, que também é do PRB. Se Eduardo Lopes tivesse informado ao presidente da frente evangélica e aos deputados do seu partido, certamente teriam conseguido parar a votação e adiar para outro dia.
E por fim, como um pastor evangélico, eleito com o voto de famílias cristãs, prefere cruzar os braços diante algo tão sério, e que é tão combatido pelos líderes e políticos religiosos?
Pense nisso em 2018.
Compartilhe:



Mais artigos

Por que Fernanda Brum e Damares deixaram de seguir Shirley Carvalhaes no Insta?

As cantoras gospel parecem seguir o exemplo de Cassiane


Fiéis da Madureira estão preocupados com o Bispo Samuel Ferreira. Saiba porquê!

O bispo precisou passar por uma nova cirurgia em agosto de 2017


Cantora gospel que sofreu acidente grave testemunhou ter sobrevivido

A cantora gospel lançou um novo single, Sobrevivi, com participação do rapper Pregador Luo


Após susto, Fernanda Brum fala pela primeira vez sobre doença, e tranquiliza fãs

cantora gospel postou uma nota nas redes sociais, explicando aos fãs sobre o ocorrido e agradeceu pelo carinho e preocupação


Ex-cantora gospel fala abertamente sobre abandono e rejeição do pai

a funkeira afirma que ele foi criticado por todos da família, mas que de todos, o pai ficou chateado com ela


Bispo da Universal busca apoio de Pai de Santo em campanha para deputado

Ele já apresentou programas evangélicos em diversas rádios do estado do Rio de Janeiro


Confira a lista dos artistas gospel indicados ao Grammy Latino 2019

Melhor Álbum de Música Cristã, de língua portuguesa, e de língua espanhola.


Maracutaia? Longe da MK Aline Barros fica fora do Grammy pela primeira vez em anos

O interessante é que este ano, depois que saiu da MK ela não foi indicada, e fica ainda mais curioso em ver que só há integrantes da própria gravadora


Cantora gospel Marcela Taís segue internada em estado grave

Durante a madrugada mais uma nota foi divulgada nas redes sociais de Marcela com informações atualizadas


Urgente! Cantora gospel famosa sofre grave acidente de carro

A cantora gospel acabou sofrendo várias escoriações pelo corpo e uma fratura no pé