Senador evangélico se “acovardou” em votação que aprovou casamento gay


Publicado em: 10/03/17 às 15:21 por Micael Batista


Compartilhe:

O Senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), envergonhou a chamada “Frente evangélica” no senado, após votar por “abstenção” no projeto que acabou sendo aprovado no CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, que aprova a união estável entre pessoas do mesmo sexo.
O projeto é de autoria da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) e relatado pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR), e altera pontos do Código Civil, que atualmente classifica como entidade familiar “a união estável entre o homem e a mulher”.

Eduardo Lopes é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e seu voto foi considerado uma “Covardia”, por muitos líderes religiosos e até mesmo, alguns colegas.
Sendo ele evangélico, ele deveria ter no mínimo se posicionado contra, e se mostrar a favor da família. Disse o pastor Enoque Batista, da igreja presbiteriana do Brasil em seu perfil no Facebook.
Veja a relação dos votos:

Senador Magno Malta

Senador Magno Malta
No dia da votação, o senador Magno Malta estava doente e se recuperando no hotel.
Com a ausência de Malta, o PLS 612/2011, teria muito mais chance de ser aprovado e foi imediatamente colocado em pauta, o que não estava programado para aquele dia.
Ao saber que o CCJ iria votar esse projeto, Malta, mesmo doente, se dirigiu até o senado, o que acabou sendo em vão, porque ao chegar no local, a comissão já havia aprovado o projeto de lei.
Porque então o senador Eduardo Campos não se manifestou, pedindo que esperassem pela chegada do senador Magno Malta que estava doente e à caminho?
Porque não avisou a Malta sobre a votação?
No dia da votação, o presidente da frente evangélica era o deputado João Campos, que também é do PRB. Se Eduardo Lopes tivesse informado ao presidente da frente evangélica e aos deputados do seu partido, certamente teriam conseguido parar a votação e adiar para outro dia.
E por fim, como um pastor evangélico, eleito com o voto de famílias cristãs, prefere cruzar os braços diante algo tão sério, e que é tão combatido pelos líderes e políticos religiosos?
Pense nisso em 2018.
Compartilhe:



Mais artigos

Ap. Agenor Duque visita igreja no meio de um lixão e faz desabafo em áudio vazado

Além dos membros que somam mais de 20 mil, a igreja recebe fiéis do mundo inteiro anualmente


“Japonês da Federal” aparece em foto com cantora gospel durante evento

A cantora gospel é candidata a Deputada Federal por São Paulo


As incoerências do pastor Claudio Duarte sobre evento da maçonaria

O pastor usou alguns argumentos sem muito sentido, para justificar sua ida ao evento promovido pela maçonaria


O que não vimos em “Me refez”, novo clipe de Priscilla Alcantara?

O clipe já bateu a marca de 1 milhão de views e é um dos mais vistos no meio gospel


Samuel Mariano fala sobre doença e revela diagnóstico médico

O cantor gospel foi diagnosticado com uma doença comum, mas que pode ser bastante perigosa


Ex-cantora gospel Perlla posta foto nua, na cama com o marido

A imagem foi publicada no stories do perfil do Instagram da ex-cantora gospel


Após pastor se negar a ser expulso da igreja, fiéis usam arma infalível e o deixa irritado

O pastor Salatiel Fidelis de 88 anos insiste em não se aposentar, mesmo com membros o expulsando da igreja


Fernanda Brum insiste em não fazer tratamento contra doença diagnosticada em 2017

Fernanda Brum se ausentou dos compromissos no fim de 2017, mas retornou rapidamente, antes do fim do tratamento


Pr. Claudio Duarte: Não sou maçom e nem quero ser, eles já sabem disso!

O pastor Claudio Duarte revelou que irá palestrar para famílias de maçons e não será remunerado


Traição e dor: Músico de banda gospel famosa promete contar a verdadeira história do grupo

Lenilton decidiu contar o que chamou de "A verdadeira história do Novo Som"