noticias gospel

Cristãos farão ato em apoio a “Prefeito Herói” no dia 18/03

Publicado em: 02/03/17 as 1:26 por Micael Batista

Compartilhe:

O prefeito do município de Ariquemes (RO),Thiago Flores e sete vereadores foram processados pelo Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público Estadual (MP-RO) por mandarem suprimir páginas de livros escolares com casamento homossexual.

Flores fez uma votação pela internet, questionando a população se queriam os livros do MEC, com material que faz apologia ao casamento homossexual, ideologia de gênero e mais uma série de conteúdo que vão contra os princípios da família.
A população votou e escolheu que os seus filhos não tivessem acesso a esse material.
Diante do resultado da votação, o prefeito prontamente fez valer o desejo da maioria, e isso acabou lhe custando um processo que pode culminar no seu afastamento do cargo.
Segundo a ação, o executivo e legislativo vão responder por improbidade administrativa. Se condenados, Flores e os vereadores podem ser afastados dos cargos e ainda podem ter que pagar multa de R$ 2 milhões por danos morais ao município, União e sociedade.

O caso foi publicado em vários sites de noticias gospel e teve ampla cobertura pelo jornalismo da Globo, obviamente pelo fato do prefeito ter tomado uma atitude contraria aos interesses LGBT, tão defendidos por ela.
No entanto, Thiago Flores não está só nesta luta, grupos defensores dos direitos da família e contrários a ideologia de Gênero, estão organizando um ato em apoio ao prefeito de Ariquemes (RO) e aos vereadores processados pelo Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público Estadual (MP-RO).
Cartaz de divulgação do ato em favor do prefeito
O ato acontecerá no dia 18 de Março, e terá milhares de cristãos nas ruas, em diversas capitais do país, com faixas contra a ideologia de gênero e em apoio a Ariquemes.
Compartilhe: