noticias gospel

Filho de Abílio Santana se nega a pregar por R$500 reais

Publicado em: 14/03/17 as 15:27 por Micael Batista

Compartilhe:



Misael Santana, você conhece? Ele é filho do famoso pastor Abílio Santana.
Como filho de um pregador famoso, nada mais comum que ele seguir os passos do pai, e trilhar o caminho ministerial.
É comum ver o pastor Misael Santana divulgando sua agenda em suas redes sociais, uma agenda que parece ser bastante concorrida, visto que raramente é possível ver um dia em que ele não tem compromisso.
Com tantas agendas, decidimos investigar as condições em que elas são fechadas.
Será que o pastor Misael Santana ama tanto as vidas, que sacrifica todo o seu tempo para levar a palavra a elas? Ou será apenas um negócio lucrativo?
Leia: Saiba quanto é o cachê da missionária Isa Reis


Na página do Facebook do pastor, encontramos o seguinte banner (Abaixo), com o contato do pastor Luciano, responsável por sua agenda.

Agenda do pastor Misael Santana
Se passando por um possível contratante, nosso produtor conversou com o pastor Luciano, para tentar contratar os serviços do pastor Misael Santana.
À principio, bastante cordial e disposto a ajudar a fechar a agenda, o empresário foi muito atencioso.
Nosso produtor se passou por um pastor de uma igreja pequena em uma comunidade carente, que estava realizando um culto de jovens.
De cara, o empresário falou que o pastor Misael Santana costuma viajar com a esposa, e que ela é cantora, o que natural iria render um acréscimo a mais no cachê.
Perguntado sobre os valores, o empresário pediu R$2.000, mais hospedagem e passagens aéreas para os dois.
Tentamos negociar um valor menor sem a esposa cantando, ele se dispôs a ver a possibilidade.
Em seguida, nosso produtor, que estava se passando por pastor de uma igreja pobre em um bairro carente, abriu o “jogo”.
Ele contou que iria conseguir as duas passagens e pagar o hotel dos dois, usando o cartão de um membro da igreja, e que posteriormente as parcelas seriam pagos pelos jovens da igreja, que iriam vender doces e etc. Essa é a situação comum que acontece em igrejas pequenas no Brasil a fora.
Quanto ao cachê, foi pedido que ao invés dos R$2.000, ele aceitasse uma oferta que seria tirada no culto, que seriam R$500 reais. (Situação também bastante comum).
Ao citar essa oferta de R$500 reais, o empresário do pastor Misael Santana mudou imediatamente o tom da conversa.
Disse que até poderia baixar um pouco, mas que R$500 reais ficaria muito difícil.
Por fim, pediu um tempo para conversar com o pastor Misael, e no dia seguinte, simplesmente informou que não dava.

Leia toda a conversa na íntegra:

Clique na imagem para ampliar.
Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana

 

Pastor Misael Santana
R$500 reais é pouco?
Se você leu tudo, então deve ter visto que esse valor era só pela ministração, todas as despesas seriam pagas pela suposta igreja.
Tudo o que foi imposto pelo nosso produtor, foi simulando o que de fato acontece nas igrejas pelo Brasil.
Cabe a você fazer as contas e chegar a conclusão, se isso se trata de um ministério  ou um negócio.
Compartilhe: