noticias gospel

Depois de desfilar nua, passista nega que seja evangélica

Publicado em: 01/03/17 as 0:54 por Micael Batista

Compartilhe:

Uma manobra articulada pelo jornal Extra das organizações Globo, para desmoralizar os evangélicos, foi denunciada pelo pastor Silas Malafaia e acabou se confirmando na tarde desta terça feira (28).
O jornal havia noticiado que uma passista evangélica iria desfilar nua na sapucaí.
A matéria que foi publicada no site e no jornal físico, ambos com manchetes distintas, deixou claro que Tuane Rocha era evangélica, inclusive trouxe uma entrevista onde ela teria deixado claro que era membro a mais de 5 anos do projeto Vida Nova, e que o pastor teria liberado ela desfilar nua no carnaval.

Matéria do Jornal Extra sobre evangélica nua no carnaval

 

Matéria do Jornal Extra sobre evangélica nua no carnaval

O fato foi rapidamente desmentido pelo líder da igreja, o apostolo Ezequiel Teixeira.

Em um vídeo, o pastor Silas Malafaia disse que a modelo poderia ser qualquer coisa, menos evangélica.

A modelo supostamente evangélica desfilou “Nua” conforme prometido, e foi o centro das atenções, rodeada por dezenas de fotógrafos e recebendo muita atenção dada a enorme repercussão da reportagem.
Leia: Desfilou nua: Evangélica não se incomodou com criticas e tirou a roupa no Carnaval 

Nesta Terça, Tuane concedeu uma nova entrevista, dessa vez negando que seja evangélica.
Ela falou a reportagem do site EGO, também de propriedade das Organizações Globo.
“Claro que não sou. Jamais seria uma evangélica batizada e desfilaria assim, seminua. O que eu disse é que fui criada no Evangelho”.

A modelo negou claramente que não é evangélica, mas isso só depois do desfile, oque deixa claro que tudo não passou de uma estratégia para atrair a atenção.
Compartilhe: