Pastor preso por organizar “suruba evangélica”.


Publicado em: 21/12/15 às 18:17 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:41


Compartilhe:

No município mineiro de João Monlevade um pastor de 36 anos foi preso após denúncias de que o mesmo estaria promovendo encontros sexuais coletivos entre os fiéis da ‘Igreja do Reavivamento Divino’. As informações são do Tramado por Mulheres.

Segundo testemunhas ouvidas na 27ª Delegacia Regional João Monlevade o pastor Gibran Henrique induzia os fiéis a deturpações das leituras bíblicas para que os mesmos se despissem de suas roupas e de sua moral.

Giovana Duarte Sarmento, estudante de 27 anos disse em depoimento que o pastor selecionava as moças e rapazes de beleza mais evidente para os “encontros de aprofundamento”, nestes encontros ele afirmava que para entrar em conexão direta com Deus precisariam tirar as roupas e tomar o sangue de Cristo, que era representado por cálices de Cabernet Sauvignon.

Depois de dezenas de cálices de vinho o pastor Gibran promovia a chamada ‘comunhão com os irmãos’, que segundo depoimento de Letícia Duila Cabral, radalista de 26 anos, seria uma espécie de abraço coletivo onde todos deveriam sentir integralmente o corpo dos irmãos.

O depoimento mais chocante foi o da enfermeira Melissa Farias, que aos 32 anos viveu momentos de horror que jamais deseja lembrar. Segundo ela o pastor Gibran dizia que quem quer ser amado precisa amar, que era preciso amar ao próximo como a ti mesmo. . Só que o ‘amor’ neste caso seria um eufemismo de sexo. E ela confessou ter sido submetida a sessões de ‘sexo pervertido’ com dois irmãos simultaneamente.

O pastor Gibran se defende argumentando que o Brasil em sua Constituição Federal garante liberdade de culto as religiões, e que a ‘Igreja do Reavivamento Divino’ acredita na libertação da alma por meio de orgasmos. E que mesmo se for preso converterá na prisão muitas almas para o seu senhor.

A município de João Monlevade era uma espécie de Meca da ‘Igreja do Reavivamento Divino’. Com a prisão de seu maior líder a Igreja deve encerrar suas atividades em nosso país. O pastor Gibran pede orações e ajudas financeiras para custear as despesas decorrentes de sua defesa jurídica.

Compartilhe:



Mais artigos

Com câncer, Ludmila Ferber se despede dos palcos e recebe homenagens

O comunicado foi feito através das suas redes sociais na manhã deste domingo 9 de novembro


Cantora gospel usa o sobrenome do “ex-marido” e do atual e evangélicos não perdoam

Após se casar pela segunda vez a cantora chamou a atenção dos internautas depois que atualizou o seu perfil nas redes sociais


Castigo? Daciolo decepciona evangélicos e passa maior vergonha de sua história

Daciolo tem sido alvo de muitas críticas por conta de algumas atitudes, e tem cada vez mais decepcionado a comunidade evangélica


Com câncer, Deise Cipriano fala pela primeira vez após sair da UTI e emociona filha

Deise Cipriano está consciente há 40 dias e respira sem ajuda de aparelhos


10 fatos sobre a pastora Damares Alves, a nova ministra de Bolsonaro

Com Damares Alves confirmada como nova ministra, falta apenas definir e anunciar o titular do Ministério do Meio Ambiente


Cantora gospel que está noiva, anuncia chegada de filho e surpreende evangélicos

Ela está sempre envolvida em alguma polêmica por dizer o que pensa e vive se metendo em confusão


Esposa de Kleber Lucas lança campanha para ajudar casais e faz revelação surpreendente

Danielle Favatto já foi casada com o ex-jogador Romário, enquanto que Kleber já está em seu terceiro casamento


Kemilly Santos faz sucesso com nova música e conquista marca histórica

Se for feita uma análise matemática, percebe-se que a cada 1 dia que se passou em média 100 mil pessoas foram alcançadas com esse louvor


Cantor gospel posta vídeo em bar cantando música secular e é criticado por seguidores

O cantor se irritou com o comentário e respondeu logo em seguida afirmando que não canta mais música gospel


Declaração polêmica causa mal-estar entre Ana Paula Valadão e movimento LGBT

Essa não é a primeira vez que a cantora causa discussão ao comentar sobre o tema