Escândalo: 2 anos depois de escândalo, Fernandinho ainda não reembolsou produtores de evento


Publicado em: 28/09/15 às 11:47 por Micael Batista | Atualizado em 12/02/2019 às 16:32


Além de cantor, Fernandinho também é “Pastor” e artista da produtora Som Livre.Há quase dois anos o cantor gospel Fernandinho, era a grande atração do festival gospel Sou De Cristo, na cidade de São Raimundo Nonato, Piauí. Ele não compareceu e o evento foi cancelado.

Na época os organizadores divulgaram que Fernandinho pediu o pagamento antecipado do cachê de R$ 35.000,00, além de avião para transportá-lo de Petrolina/PE até São Raimundo Nonato/PI. Porém, o voo que levaria o cantor até Petrolina atrasou, e a empresa de taxi aéreo que faria o transporte de Petrolina para São Raimundo, alegou que como o aeroporto na época não era homologado pela INFRAERO, não podendo receber voos depois das 18 horas.

O cantor entrou em contato com a organização do evento, que providenciou uma van executiva e um veículo SW4 de luxo, ao custo de 5.000,00 que seriam pagos pelos promotores do evento, para transportar o cantor e sua equipe pelos 300 km que separam as duas cidades. Segundo foi divulgado, o cantor teria dito que por via terrestre não iria a São Raimundo em hipótese alguma.

No local do evento, o pastor da Igreja responsável pelo festival criticou-o diante das cerca de mil pessoas presente no local: “Conheci o Fernandinho em um show no interior do nosso estado, onde ele chegou na cidade com um violão nas costa e de carro, hoje se julga superior e tão importante que só pode viajar de avião, tal atitude envergonha a classe protestante”.

CASO FOI PARAR NA JUSTIÇA

A NASA Produções, responsável pelo evento, que tem como empresário Nadrielson dos Santos Silva e produtor Samuel Ribeiro ficaram com todo o prejuízo causado pelo não comparecimento do artista.

Nasa Produções e o Advogado Alexandre Cerqueira entram com ação no Fórum de São Raimundo Nonato.

O contrato com o artista foi feito entre as empresas Faz Chover Produções Artísticas e Musicais LTDA e a Robson Martins Silva – ME (Corações em Chamas Produções e Eventos) e o contratante Nadrielson dos Santos Silva. O valor do contrato era de R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais), sendo que tal valor foi integralmente quitado nas datas acordadas e previstas pelo contrato.

Além do pagamento do cachê, o requerente ficou responsável pelo pagamento das despesas referentes a transporte aéreo, alimentação, hospedagem e translado do artista e de sua equipe.

A NASA Produções cumpriu com todos os pedidos feitos pelo artista, diante disse e acreditando que o artista FERNANDINHO cumpriria o contrato, a empresa contraiu diversas despesas, tais como aluguel do clube, som, iluminação, aquisição de bebidas e alimentações, prestadores de serviços, pousadas e hotéis, viagens de divulgação do evento, publicidade e várias outras.

Mais de 1300 ingressos antecipados foram vendidos, sendo que diversas caravanas de todos os recantos do estado do Piauí e estados vizinhos se deslocaram para São Raimundo Nonato, em alguns casos percorrendo mais de mil quilômetros de distância.

Os organizadores viram o clube lotado aguardando a realização do evento, sem a presença do artista o festival foi cancelado. Tal fato gerou a revolta do público que pagou pelos ingressos e ficou sabendo do cancelamento apenas no horário do show.

Os prejuízos causados pela não realização do show chegam a mais de R$ 80.000,00 mil reais. Fernandinho tenta jogar a culpa para a empresa aérea, porém o musico estava apenas a 300km de São Raimundo Nonato e se negou a vim.

Após o fiasco do evento, os empresários foram até Petrolina no dia 29/11/2013 e se encontraram pessoalmente com o empresário Robson Martins e o musico e pastor Fernandinho no Hotel Velho Chico, na conversa o clima foi tenso, porém amenizado com a falsa promessa da devolução do dinheiro. O encontro acabou com uma oração entre os presentes. Infelizmente dias depois da data combinada para devolução o empresário e o musico se esconderam nas costas do advogado Dr. Leonardo Girundi que presta serviços de assessoria jurídica para ambas as empresas envolvidas.

Segundo o advogado da Nasa Produções, Dr. Alexandre Cerqueira foi protocolado em (09/01/2014) o processo contra o artista e a empresa Faz Chover, -“Meus clientes tentaram por inúmeras vezes resolver a situação e chegar a um acordo, infelizmente o Fernandinho se negou a ressarcir o dinheiro pago. Preparamos todo o processo, com fotos, vídeos e toda a documentação. A imagem dos meus clientes foi manchada pela falta de compromisso do artista”, diz Cerqueira.

O advogado ainda disponibiliza o numero do processo para toda a população acompanhar. (Processo de Nº 00000.15-78.2014.8.18.0073).

Segundo a Nasa Produções já são dois anos de tentativas para solucionar esse problema, porém os advogados de Fernandinho fazem de tudo para adiar o processo.

A reportagem entrou em contato com o advogado de Fernandinho, Dr. Leonardo Girundi e com a produtora do artista porém não houve êxito.



Aniversariante do mês
Caio Fábio

Escritor

63 anos


publicidade

Mais artigos

37 fatos que talvez você não saiba sobre Priscilla Alcantara

A cantora gospel já conheceu o Chaves [Roberto Bolanos]


Cassiane, Elaine Martins e Eli Soares, são processados em R$500 mil reais

Até o missionário RR Soares foi citado no mesmo processo


Pastor e cantor gospel Kleber Lucas proíbe entrada de grupo de pessoas em sua Igreja

Kleber Lucas é cantor, compositor, pastor e fundador da Igreja Batista Soul


Samuel Mariano esclarece vídeo polêmico em que aparece fazendo cobrança

Samuel disse que o vídeo é antigo, e que tudo não passou de uma brincadeira que fez com o empresário


Ex-integrante do grupo Voz da Verdade é consagrada a pastora pelo pai

Durante 15 anos Lydia fez parte do grupo, somente em 2005, gravou seu primeiro álbum solo, "Protegida"


Saiba como está Ludmila Ferber um ano após iniciar tratamento contra o câncer

A cantora explicou que apesar das dificuldades enfrentadas em decorrência do câncer, ela entende que se cumpre em sua vida as promessas de Deus


Sem mandato e sem Lauriete, Magno Malta apresenta estratégia para se manter na mídia

O parlamentar também não se enquadrou em nenhum dos ministério do presidente Jair Bolsonaro, e acabou ficando de fora sem nenhum cargo público


Cantor gospel tira a roupa, posa de cueca e volume impressiona

O que impressionou, nesse caso, foi a quantidade de criticas, que foram num volume muito maior que o habitual.


Pastor e deputado Marco Feliciano passa bem e se recupera após cirurgia

Milhares de internautas anônimos e famosos deixaram mensagens de apoio ao parlamentar, e desejaram boa sorte no procedimento pelo qual acabou de passar


Aline Barros ostenta quarto dos sonhos da filha nas redes sociais

Chama a atenção a decoração e principalmente o luxo que é o novo quarto da filha da cantora