noticias gospel

Prefeito de cidade Alagoana registra B.O contra Davi Sacer

Publicado em: 24/04/14 as 3:39 por Micael Batista

Compartilhe:
O cantor gospel Davi Sacer, se envolveu em uma das poucas polêmicas de sua historia ministerial.
O O Fuxico Gospel tem acompanhado a carreira do cantor e, essa é a primeira polêmica que registramos, em que ele está envolvido.

Davi foi chamado de caloteiro e mercenário, por centenas de fãs que aguardavam ansiosos para assistir sua apresentação em uma cidade no interior de Alagoas.

Entenda o caso: 



O cantor  junto com a sua banda, foi contratado pela prefeitura Municipal de Matriz do Camaragibe-Al, para se apresentar nessa Quarta (23), no evento em comemoração ao dia do evangélico.

O problema começou quando Davi Sacer entrou em contato com os organizadores do evento, informando que estava no aeroporto, e que não teria conseguido passagens aéreas.
Isso poderia soar normal, se não fosse ontem, dia do evento.

Leia: Jotta A é chamado de caloteiro por pastor da Assembleia de Deus

Por não ter conseguido passagens, Davi acabou não embarcando para Alagoas. 
Surge então um questionamento; Porquê as passagens não foram compradas com antecedência?
Como a prefeitura já havia contratado toda a estrutura de som, palco e iluminação, o evento teve que seguir sem a “principal” atração musical.
Durante a festa, o prefeito subiu ao palco e explicou aos presentes, que teria pago integralmente o valor cobrado antecipadamente e, que já teria ido até a delegacia local, registrar um Boletim de ocorrência contra o cantor.
Para comprovar o pagamento, o prefeito ainda exibiu um documento que segundo ele, seria um recibo de pagamento.
No local, alguns fieis mais exaltados criticaram duramente a atitude do cantor e o chamaram de “Mercenário”.
A pergunta que não quer calar é; Porquê os cantores gospel estão evitando se apresentar em Alagoas?
Recentemente o cantor Thalles Roberto esteve em outra cidade no interior de Alagoas, e mesmo estando a poucos metros do local do evento, não se apresentou.
 Seria um preconceito com as pequenas cidades de Alagoas? ou a questão é a  quantidade de público?” 

Davi Sacer ainda não se manifestou sobre o caso.
Aguardemos…
           Se você é evangélico ou católico, clique em curtir

O fuxico Gospel

Compartilhe: