noticias gospel

Fabio Mazza critica Malafaia; “Ungido Não Faz Isso”

Publicado em: 09/02/14 as 14:13 por Micael Batista

Compartilhe:
Já vi gente espírita, devota de São Jorge e até ateu terem mais respeito pelos crentes.
Se tudo isso for verdade mesmo, e parece ser, isso tem nome: CHARLATANISMO. 


Uma coisa que ninguém comenta é que um cara que fica pedindo dinheiro há mais de vinte anos, em nome de dívidas e necessidades do evangelho, mas que ele mesmo que criou, consegue ficar milionário e não pára de pedir. O que mais me irrita é esse evangelho da prosperidade que faz o crente dar e continuar pobre…e ninguém vê isso, que o evangelho da prosperidade é pra poucos: SÓ PARA OS QUE PREGAM.

Agora tem um monte de fã clube do Silas dizendo que não se pode falar assim do ungido, mas UNGIDO NÃO FAZ ISSO!!! Ele pode até ter sido um dia, mas como o rei Saul, ele se perdeu e tá todo enrolado em seus próprios interesses. Pela lógica, uma pessoa que fica pedindo dinheiro igual à filho de cego e consegue um jatinho de R$ 6 milhões, nem precisava fazer um troço desse porque povo que banca esse “camarada” é lerdo o suficiente pra contribuir na boa. Nem precisava mentir rsrsrs.

O triste disso tudo é ver um mundo de gente que além de contribuir, defende. E Pra quem achava que a política no Brasil era a coisa mais suja e covarde que existia, ta aí agora mais um grupo gospel, fazendo gente de bem passar vergonha.

Tomara que seja Deus mostrando e trazendo tudo isso à luz, porque a coluna do evangelho não é dinheiro, e ultimamente só se fala disso, como se só pra isso Jesus servisse.
Assim como os políticos fazem com os brasileiros em geral, tem pastor fazendo com as ovelhas…

O negócio ta piorando, tomara que o povo acorde!
Fábio se dedicou por 15 anos a dar aulas de guitarra em projetos sociais evangélicos. Há cinco anos, mantém sua atenção à estudos teológicos e dá aulas para jovens e adolescentes. Está cursando o seminário  teológico, mas não tem qualquer vínculo profissional com o evangelho,
“Não preciso cobrar para pregar, dar aulas ou escrever nesse site. Já tenho meu emprego e

Compartilhe: