noticias gospel

Fernandinho poderá pagar R$80 mil por não se apresentar em evento no Piaui

Publicado em: 11/01/14 as 13:36 por Micael Batista

Compartilhe:

Mais uma vez o meio gospel volta a ser palco para escândalo envolvendo processo na justiça.

Dessa vez o réu, é o pastor e cantor Fernandinho, que no dia 28 de Novembro de 2013, se negou a se apresentar em um evento na cidade de São Raimundo Nonato-PI. 

Na ocasião, o cantor informou que não poderia ir até o evento por que a empresa aérea não poderia levar o cantor e sua equipe até a cidade, por não ter autorização para voar anoite.

Os organizadores enviaram então uma Pick-Up SW4 (carro de luxo) para Fernandinho ir até o local do evento por via terrestre de Petrolina para São Raimundo Nonato, cuja a distância é 300KM, mas Fernandinho se negou, alegando problemas de saúde.

A NASA Produções, responsável pelo evento, que tem como empresário Nadrielson dos Santos Silva e produtor Samuel Ribeiro, ficaram com todo o prejuízo causado pelo não comparecimento do artista.

Leia também: Gospel Ostentação – confira lista dos cantores que mais ostentam no meio gospel

O contrato com o artista foi feito entre as empresas Faz Chover Produções Artísticas e Musicais LTDA e a Robson Martins Silva – ME (Corações em Chamas Produções e Eventos) e o contratante Nadrielson dos Santos Silva.

O valor do contrato era de R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais), sendo que tal valor foi integralmente quitado nas datas acordadas e previstas pelo contrato.Os prejuízos causados pela não realização do show chegam a mais de R$ 80.000,00 mil reais.


Fernandinho tenta jogar a culpa para a empresa aérea, porém o musico estava apenas a 300km de São Raimundo Nonato e se negou a fazer o evento..


Após o fiasco, os empresários foram até Petrolina no dia 29/11 e se encontraram pessoalmente com o empresário Robson Martins e o musico e pastor Fernandinho no Hotel Velho Chico, na conversa o clima foi tenso, porém amenizado com a falsa promessa da devolução do dinheiro. O encontro acabou com uma oração entre os presentes. Infelizmente dias depois da data combinada para devolução o empresário e o musico se esconderam nas costas do advogado Dr. Leonardo Girundi que presta serviços de assessoria jurídica para ambas as empresas envolvidas.


Segundo o advogado da Nasa Produções, Dr. Alexandre Cerqueira foi protocolado no último dia (09/01) o processo contra o artista e a empresa Faz Chover, -“Meus clientes tentaram por inúmeras vezes resolver a situação e chegar a um acordo, infelizmente o Fernandinho se negou a ressarcir o dinheiro pago. Preparamos todo o processo, com fotos, vídeos e toda a documentação. A imagem dos meus clientes foi machada pela falta de compromisso do artista”, diz Cerqueira.


O advogado falou ainda sobre os fornecedores e clientes da empresa, -“Todos que tenham ingressos ou estão a espera para receber algum pagamento da Nasa Produções podem ficar tranquilos, assim que o musico realizar o ressarcimento essas despesas serão quitadas”, diz Alexandre Cerqueira.


O advogado ainda disponibiliza o numero do processo para toda a população acompanhar. (Processo de Nº 00000.15-78.2014.8.18.0073).

Veja o momento em que a Nasa Produções e o Advogado Alexandre Cerqueira entram com ação no Fórum de São Raimundo Nonato.




Copia da capa do Processo





O Fuxico Gospel com informações São Raimundo

Compartilhe: