noticias gospel

Pastor Lucinho Barreto pode ser preso por incitar a violência

Publicado em: 22/10/13 as 13:23 por Micael Batista

Compartilhe:

O Pastor Teen Lucinho Barreto, “Aquele que cheirou a Biblia!” Poderá passar por maus bocados.

É que recentemente, o pastor usou seu programa para apoiar os policiais evangélicos que enfrentam diariamente a violência nesse país a fora, aconselhando-os a “descer o dedo nos marginais”.

Leia: Pastor Lucinho manda policial “descarregar” revolver em bandido

Leia as palavras de Lucinho: 

– Tem gente que precisa tomar tiro. Então chegou o momento, tenho que usar um revólver não tem jeito…’ Irmão, pega o revólver, não dá pouco tiro não, dá muito tiro. Dá muito tiro, entendeu? Descarrega. Quando acabar de dar tiro, joga o revólver no cara. Joga o que tiver. A arma do Rambo… Sapeca tiro no povo! Por quê? Porque tem gente que precisa tomar tiro – respondeu o pastor.
– É faca na caveira mesmo. E vamos arrepiar o cabelo do sovaco deste povo, porque temos filhos. E a gente tá pondo filho neste mundo é pra quê? Pro bandido vir… Não, senhor – completa Lucinho.
As palavras do pastor não foram muito bem aceitas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Paulo.
Segundo eles Lucinho pode ser enquadrado no crime de apologia à violência, previsto no Código Penal Brasileiro. Com pena de detenção, de 3 (três) a 6 (seis) meses.
Assista o vídeo com a declaração de Lucinho Barreto.
  
Compartilhe: