Evangélica, Monique Evans fala sobre tentativa de suicídio


Publicado em: 21/10/13 às 18:21 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:42


Compartilhe:

Monique Evans passou 15 dias internada em uma clínica psiquiátrica, na zona sul do Rio de Janeiro, e lá, foi diagnosticada com bordeline, um transtorno de personalidade ainda pouco conhecido no País que mexe com o limite das emoções de uma pessoa. Já em casa, sob os cuidados de alguns familiares, a ex-modelo e apresentadora falou a imprensa, que foi orientada pela equipe médica a, por enquanto, não falar com a filha, Bárbara Evans, para não se emocionar.

— Estou bem. Na verdade só procuro não ir a lugares muito cheios por causa dos remédios que eu ainda estou tomando.

Monique contou que viveu “dias maravilhosos” no local onde esteve internada, cercada de pessoas que lhe davam carinho e muita atenção.

— Cada pessoa ali tinha um problema, uma doença diferente. E isso fez com que eu me apegasse a cada uma elas. Fiz amizades que quero guardar para o resto da vida. Lá eu também tinha hora para tudo: para almoçar, para tomar lanche, para trabalhar. Tem a hora triste, também, aquela que a gente senta e conversa com uma psiquiatra [pausa]…

 Monique também afirmou que teve vontade de se matar por conta da briga que teve com sua filha, Bárbara Evans.

— Nossa discussão não tem nada a ver com dinheiro. E também não vou aceitar nada. Não quero dar motivo para que as pessoas falem mais de mim. Quero que ela gaste o dinheiro que ela ganhou na Fazenda do jeito dela. Eu tenho condições de fazer o meu. Estou chateada dela não ter ido para casa conversar comigo antes dela começar a postar aquelas mensagens dizendo que já tinha um novo empresário. E agora desconfio que ela nem está mais com ele. Bárbara anda dando para as pessoas outro e-mail de contato que não é o dele. Não tenho dúvida que ela foi impulsiva, no entanto, ela me machucou a ponto de eu tentar me matar.

A apresentadora também contou que para tentar se acalmar de toda aquela história acabou tomando calmantes.

— Tomei um, dois, três… Quando vi já estava muito louca, e foi quando apareceu uma prima que nem costuma aparecer em casa. Foi ela quem me levou para o hospital. Deus não quis que eu fosse embora. Não me lembro de nada. Não era para eu estar viva dessa vez.

Monique encerrou a entrevista dizendo que vai processar todas as pessoas que falaram mal dela.

— Vou processar todo mundo que me sacaneou e riu de mim. Quero que eles saibam que eu estou doente. E vou começar por um diretor de TV que me ridicularizou muito. Foi uma maldade o que ele fez comigo. Não tinha necessidade. Não preciso dizer quem ele é. Ele sabe que estou falando dele.

Compartilhe:



Mais artigos

Bomba! Vaza video de cantor gospel fazendo sexo oral em rapaz

Depois que o vídeo vazou, todas as redes sociais do cantor gospel foram excluídas, e até o momento, ele não se manifestou sobre o caso.


“Não tenho realmente mais nada a perder”, diz Ludmila Ferber em post do Instagram

A pastora Ludmila Ferber luta contra um câncer no pulmão diagnosticado em março deste ano


André Valadão toma decisão e fala o que pensa sobre Damares Alves

Por dizer que teve uma visão de Jesus em um pé de goiaba, e que Ele a convenceu a não cometer o suicídio, ela passou a ser ironizada nas redes sociais


Polêmica envolvendo Magno Malta e Cabo Daciolo divide mundo gospel

Magno Malta apoiou Bolsonaro para presidente ao invés de Daciolo, assim como a maioria dos evangélicos


O plano “B” de Malafaia sobre Bolsonaro

O líder religioso é um dos principais "Espiritual Influencer" do Brasil e já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção


Pastora lésbica faz declaração na TV e constrange evangélicos

A pastora se utilizou de um argumento já ultrapassado da comunidade LGBT de que a orientação sexual homossexual seria algo de nascença


Cantor secular doa piano de R$ 60 mil para igreja evangélica e revolta fãs

A doação gerou polêmica pois o artista está devendo a pensão alimentícia do filho Matheus, de 6 anos


Haddad perde mais uma e é condenado a pagar 80 mil por ofensas a Edir Macedo

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso


Tragédia: Sofrendo com depressão há dois anos, pastor evangélico tira a própria vida

Ultimamente casos de suicídios entre pastores estão aumentando e preocupando a liderança evangélica no Brasil


Fernanda Brum vai responder na justiça por não comparecer a evento gospel. Saiba qual

A organização do Clama Bahia informou por meio de nota, que irá entrar na justiça contra a cantora