noticias gospel

Música “Profética” do Jota Quest, lembra época dos profetas

Publicado em: 26/09/13 as 14:02 por Micael Batista

Compartilhe:
Todo dia ligamos a TV e vemos bandidos invadindo casas, adolescentes matando pessoas á sangue frio e políticos corruptos que roubam todo o dinheiro da nação e enriquecem suas contas bancárias, enquanto milhões de pessoas vivem em situação de pobreza extrema. E nos últimos dias estamos também sendo comovidos pela situação em que se encontra a Síria. Milhares de pessoas mortas, entre elas muitas crianças. É realmente um retrato horrível do nosso planeta. E é sempre em meio á essas situações que vem as perguntas: “Onde está Deus?” “Deus não está vendo isso?”.
Com certeza muito de nós já nos fizemos esta pergunta. Inclusive o “Ateu” as usa para negar a existência do mesmo! Mas, e qual a resposta? Por que um Deus tão justo e bom permite tanto sofrimento e injustiça no mundo?
Para nos ajudar em meio á todos esses dilemas temos, é claro, a Bíblia Sagrada, que é apta para instruirmos em toda boa obra. Vou mostrar dois casos Bíblicos em que ao olhar para injustiça do mundo pessoas fizeram essas mesmas perguntas, e qual foi a reposta que receberam de Deus. Visto que Deus não muda, a resposta valerá para nós também!
O livro de Habacuque é o principal retrato dessa injustiça predominante no mundo, pois o período em que o profeta viveu foi marcado por grande degradação moral do povo de Israel. E no primeiro capítulo de seu livro Habacuque faz a seguinte pergunta a Deus: “Até quando, Senhor, clamarei eu, e tu não me escutarás? Gritar-te-ei: Violência! e não salvarás?” Habacuque 1:2
E a resposta do Senhor está no capítulo 2, quando Ele diz: “O justo viverá pela fé.” Deus estava dizendo para Habacuque esperar pela justiça de Deus, que com certeza virá! O profeta deve viver em meio ás injustiças confiante que o Seu Deus um dia porá tudo à vista, e não deixará nenhum mal impune! Isso é viver pela fé!
No Salmo 73, Asafe se encontra na mesma situação, e diz ter quase tropeçado na fé ao invejar a prosperidade dos ímpios. O Salmista via homens exploradores, que passavam por cima de tudo e de todos para ter o que eles queriam, que roubavam e matavam, mas ainda assim, conseguiam se dar bem na vida. Ele os via como os intocáveis, que nunca seriam castigados pelo que fizeram, pois via muitos deles chegarem ao final de suas vidas impunes. Mas a partir do versículo 17, um novo panorama surge, o músico afirma que ao entrar no santuário do Senhor entendeu qual seria o fim deles e qual seria o seu. Ai então ele se alegra no Senhor, pois ainda que sua carne desfalecesse o Senhor era sua porção que ele teria eternamente. Diferente dos ímpios que prosperaram na carne, mas vão desfrutar de uma terrível eternidade distantes de Deus, onde o sofrimento é para sempre! E no último verso ele diz: “Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras.” Salmos 73:28
Asafe repetiu as palavras de Habacuque. Por nossa confiança no Senhor é viver por fé! Ou seja, o segredo de enfrentarmos esse mundo, com todas as suas maldades e injustiças é um só: Viver por fé!
A verdade é que Deus não responde essas perguntas. Sabemos que ele permite tudo o que acontece, e que até mesmos a injustiça coopera para nosso bem! (Rm 8.28) Mas ele não nos deixa sem norte, ele nos ensina como enfrentar essas situações. Não devemos contestar a Deus e seus propósitos. Mas viver por fé!
Assim como Habacuque, também vivemos dias de grande depravação moral em nossa sociedade, que por acaso parece ficar pior a cada hora que se passa. Da mesma forma que acontecia na época de Asafe, os ímpios ainda prosperam à custa dos pobres, e na maioria das vezes são vistos como intocáveis, que nunca serão punidos. Temos por exemplo o mensalão. Muitos são condenados, declarados publicamente culpados de roubar á nação, mas nenhum vai preso. E não chegam nem a perderem seus mandatos. Enquanto isso nós pensamos: “Eles nunca vão ser punidos!” Eu não tenho mais esperança que eles paguem pelo que fizeram!” Mas esse não deve ser o pensamento Cristão. Nós devemos entender que embora eles possam prosperar nessa vida, e nunca serem punidos enquanto vivos, o grande julgamento os aguarda, onde todas as suas obras más serão expostas e a Ira de Deus de manifestará contra toda impiedade e injustiça.
Mas onde entra Jota Quest nessa história? Essa banda de pop rock nacional entendeu bem qual é o nosso lado da moeda. E como devemos nos portar em meio a um mundo tão cruel e desigual. Em uma música maravilhosa composta por eles, podemos ver a esperança no coração humano de que um dia toda injustiça acabará e teremos dias melhores para sempre. Isso é viver por fé! Exemplo claro que de Graça comum de Deus presente na letra desta linda canção.
Então façamos coro a Jota Quest, fitemos nossos olhos em Cristo, prosseguindo em nossa carreira Cristã, e cantando alegre e confiadamente: “Vivemos esperando, o dia em que seremos para sempre. Vivemos esperando: Dias melhores para sempre!”.
Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos
Para trás
Oh! Oh! Oh! Oh!…
Vivemos esperando
O dia em que
Seremos melhores
(Melhores! Melhores!)
Melhores no amor
Melhores na dor
Melhores em tudo
Oh! Oh! Oh!…
Vivemos esperando
O dia em que seremos
Para sempre
Vivemos esperando
Oh! Oh! Oh!
Dias melhores prá sempre
Dias melhores prá sempre
(Prá sempre!)…
Pulpito Cristão
Compartilhe: