noticias gospel

Video de pastor interpretando linguas estranhas faz sucesso na internet

Publicado em: 23/09/13 as 0:07 por Micael Batista

Compartilhe:
Tem se tornado cada vez mais comum os sites de Notícias Gospel anunciarem que religiosos foram desmascarados, ou se envolveram em escândalos e até mesmo presos.

Mas o que é comum mesmo, é encontrar vídeos como o que você vai ver abaixo.

Um pastor interpretando a “língua estranha” de um fiel.

Já avisamos que o vídeo não foi produzido pelo O Fuxico Gospel, a pessoa que postou na internet se encarregou de fazer alguns comentários e por favor, não nos responsabilizem por eles.
Assista o vídeo e comente:

Assista também: Pastor chama cantores gospel de “Cafetões da Igreja”.

No blog Arte de Chocar, encontramos um comentário de Antognoni Misael sobre as palavras de Paulo a respeito disso.

Veja que Paulo:

1) disse que quem fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus (1 Co 14:2-4). – Portanto desligue a língua nervosa quando não estiver edificando ninguém, caso contrário estará confundindo o culto;
2) aconselha que bem melhor que falar o idioma estranho é pregar a palavra, pois o dom de profecias é bem maior do que o de línguas (1 Co 14:5). – Isto quebra a noção hierárquica de que se tem que falar línguas para crescer espiritualmente.
3) adverte que se use a língua para pronunciar palavras inteligíveis, visto que como se entenderá o que se diz? (1 Coríntios 14:9) – Falar palavras estranhas seria como falar ao ar.
4) adverte que todo dom precisa ser para edificação da igreja (1 Co 14:12). – Que se acabe o exibicionismo!
5) ratificou que o ato de orar, adorar ou cantar precisa ser feito com entendimento para que o próximo possa concordar (1 Co 14:14-15). – Como dirão amém se as línguas estranhas tomarem conta do recinto?
6) prefere falar cinco palavras inteligíveis, portanto, por que fazer um show de “unção” lingüística que ninguém compreende? (1Co 14:18-19) – Não sejam egoísta, falem de Jesus de forma clara e objetiva!
7) não usava a língua nervosa inconseqüente, além de afirmar que aplicada de forma incorreta provocará escândalo. (1 Co 14:23) – Portanto é bom fazer o uso correto do microfone, principalmente em cultos de rua. Chega de tanto “shek-la-ba-cânta-lá-su-ru-ma-naia” pra endoidar os descrente!!
8) enfatizou outra coisa importantíssima: se for falar em língua desconhecida, deve-se falar no máximo duas ou três pessoas, e por favor… sem intérprete não dá né? (1Co 14:27-28) – Ôh thurma das línguas, controle a língua nervosa, e caso não encontre um poliglota para interpretar, não desobedeça a palavra: Cale-se! (e não me venha com essa invencionice desse tradutor do vídeo acima)
9 ) ainda ratificou que os espíritos dos profetas estão sujeitos a estes, e não vice-versa (1Co 14:32) – Não me venham com a desculpa de que entrou em transe e falou em várias línguas sem perceber.
10) não proibiu o uso das línguas desconhecidas, assim como não é isto que estou dizendo no texto. (1 Co 14.39-40) – Mas se realmente você tem esse dom, use dentro das ressalvas bíblicas e observe se tal língua é útil para edificação da igreja.
Compartilhe: