noticias gospel

Morre George Duke, um dos maiores pianistas evangélicos de todos os tempos

Publicado em: 06/08/13 as 14:08 por Micael Batista

Compartilhe:

A notícia da morte de George Duke na manhã desta Terça-Feira, pegou os Músicos evangélicos de surpresa.
George Duke era uma verdadeira lenda do Jazz e um dos maiores pianistas evangélicos da historia. 

Duke lançou em julho o álbum “DreamWeaver”, uma homenagem à mulher, Corine, que morreu de câncer em 2012. O músico ficou tão arrasado que não conseguiu tocar por meses.

Nascido em San Rafael, na Califórnia, Duke começou a estudar piano aos sete anos. Durante a infância tocou na igreja local e aos 16 já tinha participado de vários grupos jovens de jazz.

Leia também: Cantor gospel “Cala” Igreja Batista da Lagoinha

Muito influenciado por Miles Davis, Les McCann e Cal Tjader, Duke frequentou o conservatório de São Francisco.

Seu nome ficou conhecido no fim dos anos 1960, quando tocou com artistas como Jean-Luc Ponty e Cannonball Adderly. Depois, se uniu a Frank Zappa para álbuns como “Chunga’s Revenge”, “200 Motels” e “Apostrophe”.

Como artista solo, gravou mais de 30 álbuns. Também atuou como produtor e diretor musical, inclusive para artistas brasileiros, a começar pelo trombonista Raul de Souza.

Fã de música brasileira, em 1979 ele foi ao Rio de Janeiro para gravar o álbum “A Brazilian Love Affair”, com participação de Flora Purim, Milton Nascimento e Airto Moreira. O disco tornou-se um de seus maiores sucessos.

Assista George Duke tocando a música ” Em fervente Oração” no Dvd “O Evangelho segundo o Jazz Capitulo 3”


Compartilhe: