noticias gospel

Cantora conta em música como vendeu sua alma ao Diabo

Publicado em: 29/07/13 as 4:21 por Micael Batista

Compartilhe:

Uma nova música que vazou na Internet da cantora pop Kesha, “Dancing With the Devil”, alegrou seus fãs, mas ao mesmo tempo revelou uma triste canção, pois a letra é altamente sinistra e assustadora; ela ainda corrobora com a maioria dos assuntos descritos neste site até agora. 

A letra de “Dancing With the Devil” (Dançando com o diabo) fala da relação conflituosa da cantora com alguma entidade possessiva e maligna, com a qual ela tem um pacto que não pode mais quebrar. Embora a letra permita outras conotações, ela vai ao encontro de diversos depoimentos de artistas da indústria da música que declararam “vender suas almas ao diabo”.

 Já está se tornando notável que cada vez mais e mais artistas estão fazendo referências ao “vender ao alma ao diabo”.

A música “Dancing With the Devil” foi originalmente escrita para o álbum “Warrior”, mas não entrou na versão final do álbum. A letra da música é bastante pesada para uma canção pop teen, talvez tenha sido este o motivo pelo qual a música não fez parte do disco.

 No ano passado, Kesha já havia “escandalizado” o mundo da música com uma chuva de simbolismo Illuminati, além da glorificação da morte e sacrifícios ritualísticos, no clipe da música “Die Young”, como visto no artigo O Simbolismo Illuminati em Kesha “Die Young” e Como Ele Ridiculariza as Massas Doutrinadas. 
Se a expressão “vender a alma ao diabo” está sendo usada de forma literal ou não, ela pelo menos deixa claro que para fazer parte da indústria você precisa fazer coisas contra sua própria vontade, que existem pessoas doentes dentro dela, capazes de qualquer coisa por dinheiro e sucesso; ainda, que você terá que vender a cultura da Elite e promover seu simbolismo satânicos e participar de rituais ocultistas. A própria Kesha contou, no ano passado, que foi forçada a cantar a música “Die Young”; o que mais ela já não foi forçada a fazer?

Dessa forma, conhecendo a natureza da indústria da música, visto outros depoimentos e observados os símbolos satânicos e Illuminati no trabalho de Kesha, não tem porque não acreditar que a artista tenha escrito a música abaixo de maneira bastaaaaaaaaaante literal:

DANÇANDO COM O DIABO

Eu continuo dançando com o diabo
Eu continuo dançando com o diabo
Eu vendi minha alma à morte e ao glamour
E não há como voltar atrás
Eu continuo dançando com o diabo

Você e eu fizemos um acordo
Eu era jovem e a merda se tornou real
Espancada desde o inferno e de volta

Seu amor é feito de ouro sujo
Mas eu sou a única que é muito mais
Então vá em frente e pegue minha mão

(Refrão)
Eu continuo dançando com o diabo
Eu continuo dançando com o diabo
Eu vendi minha alma à morte e ao glamour
E não há como voltar atrás
Eu continuo dançando com o diabo

Eu não posso fugir do meu passado sujo
Eu cometi erros, eu fiz uma bagunça
Eu sei que você gosta de me ver chorar

Então, eu sou tua até o fim
Eu irei mantê-lo, eu nunca irei escutar
Então eu vou dançar até morrer

(Refrão)
Eu continuo dançando com o diabo
Eu continuo dançando com o diabo
Eu vendi minha alma à morte e ao glamour
E não há como voltar atrás
Eu continuo dançando com o diabo

Ele tem minha mente
Ele tem a minha alma
Ele não vai me deixar ir

(Refrão)
Eu continuo dançando com o diabo
Eu continuo dançando com o diabo
Eu vendi minha alma à morte e ao glamour
E não há como voltar atrás
Eu continuo dançando com o diabo

Se você acha que isso é falta de Deus, clique no botão +1

window.___gcfg = {lang: ‘pt-BR’};

(function() {
var po = document.createElement(‘script’); po.type = ‘text/javascript’; po.async = true;
po.src = ‘https://apis.google.com/js/plusone.js’;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0]; s.parentNode.insertBefore(po, s);
})();

Compartilhe: