Pastor Silas Malafaia afirma que essas manifestações podem piorar o país


Publicado em: 21/06/13 às 0:26 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:42


Compartilhe:

O pastor Silas Malafaia criticou em seu site os crescentes protestos que ocuparam as principais cidades do país nos últimos dias. De acordo com o líder religioso, o caráter não centralizado que vêm marcando tais manifestações, e também sua duração indeterminada, por fazer com que as multidões sejam usadas por grupos mesquinhos para atingir seus objetivos.

– O perigo de manifestações incontroláveis – e a história já tem nos mostrado – é se tornar uma verdadeira “caça às bruxas” de gente perversa que usa multidões para conseguir atingir seus objetivos inescrupulosos – afirma o pastor, citando que jornalistas vêm tentando usar o movimento para protestar contra o projeto apelidado de “cura gay”.

Malafaia afirma que os evangélicos são sim a favor de manifestações pacíficas, mas que a falta de liderança dos protestos pode submeter os protestos a manipulação ideológica e à incitação de violência, causando ainda mais problemas ao país.

– No Brasil o perigo são os esquerdopatas ultrarradicais que pregam baderna, vandalismo, derramamento de sangue, para que possa haver uma verdadeira revolução – afirma o pastor.

– A sociedade não pode ficar a mercê de grupos que convocam o povo com pretexto de alguma revolta popular, parar o país e causar problemas mais profundos para a nação – completa.

Leia também: Pastor Gidalti Alencar afirma que Marcos Pereira é o maior vilão do cristianismo

Citando novos motivos de protestos levantados por uma representante do Movimento Passe Livre, grupo que iniciou as manifestações em São Paulo, após o anúncio da redução do valor do vale transporte, Malafaia questiona: “Onde é que isto vai parar?”, e afirma que o “Estado Democrático de Direito não é sinônimo de bagunça ou da liberdade para o cidadão fazer o que bem quiser”.

– As nações mais democráticas do mundo não permitem baderna, nem que o direito de outros sejam impedidos, por mais nobres que sejam os motivos. As autoridades não podem se acovardar diante de baderna e de vandalismo – ressalta o pastor.

Malafaia finaliza afirmando ser a favor de manifestações, mas desde que pacíficas e que durem um tempo determinado, que ele não especifica qual seria. O pastor diz ainda que os evangélicos já deram o exemplo de como se fazer uma manifestação pacífica com mais de 70 mil pessoas, citando o protesto organizado por ele em Brasília no último dia 5.

G+

Compartilhe:



Mais artigos

Cantor gospel Kleber Lucas promoverá evento em prol da união de todas as religiões

Kleber Lucas é um dos líderes da (CCIR) Comissão de Combate a Intolerância Religiosa


Em meio a crise financeira no Brasil cantora gospel ganha milhares de Reais e chama atenção

Kemilly Santos é a nova queridinha da Sony Music, entenda como a cantora de “fica tranquilo" tem deixado gravadora e empresário sem tranquilidade.


Cantor gospel flagrado aos beijos com outro homem estaria em depressão profunda

Segundo informações de amigos próximos ao cantor, ele está enfrentando uma forte crise de depressão


Chocante: Avião em que a cantora gospel Fernanda Brum viajou “quase caiu” na Bahia

A notícia foi publicada pela própria cantora gospel em suas redes sociais


Evangélicos e 13 razões para não votar em Haddad

A grande massa evangélica não apoia o candidato e nem concordam com seu plano de governo


Daniela Araújo alcança perdão e recupera número importante na sua carreira

A cantora gospel tem alcançado uma enorme recuperação apenas um ano após o maior escândalo da sua carreira


8 fatos sobre Jair Bolsonaro que os pastores insistem em ignorar

Bolsonaro lidere as pesquisas para presidente no segundo turno e tem apoio da maioria dos evangélicos


Integrante do Coral Kemuel, gay? Será mesmo?

Os rumores de que existe um integrante do Kemuel homossexual circula nos grupos de Whatsapp desde o início da semana


Urgente: Com câncer, cantor famoso clama a Deus por cura

O cantor declarou recentemente que se sente confiante na cura por Deus e comoveu os internautas


Depois de suicídio de pastores, cantores gospel contraem doenças graves. Entenda!

Ludmila Ferber, Fernanda Brum e Pregador Luo, são apenas alguns nomes dos artistas gospel famosos que anunciaram estarem doentes