A começar por mim – Flavia Beck


Publicado em: 28/06/13 às 1:02 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:42


Nós estamos vivendo dias conturbados em nosso país, todos nós queremos mudanças, queremos um país melhor.

Saúde, educação e transporte dignos estão na pauta do dia.

Nós brasileiros temos muito o que caminhar em termos de direitos e seguridade social.

Bom, dito isso, o que realmente me preocupa é que a mesma pessoa que eu vejo bradar pelos seus direitos não respeita os direitos dos outros!

Nada muda da noite para o dia, eu sei disso, mas esse pode ser o momento da virada pra nós, podemos deixar um legado muito mais forte para nossas futuras gerações se começarmos a pensar de forma diferente e agirmos de forma diferente, respeitando os direitos dos outros, não levando adiante a cultura de passar a perna nos outros, pensando de forma permanente e não de maneira imediatista.

As crianças estão de olho em nós, não adianta pedir que elas sejam pessoas bacanas, se nós não somos pessoas bacanas…

Quando ninguém está olhando… Quem é você?

O exemplo fala muito mais alto do que qualquer sermão!

Nosso comportamento no trânsito, por exemplo, tem gente que vira monstro com a mão no volante?

Não tenha vergonha de pedir desculpas ou perdão por algo, mesmo que você ache que está com toda razão, isso pode evitar verdadeiras tragédias.

Isso é um esforço coletivo, mas alguém pode começar, então que sejamos nós!

Sempre haverá uma pedra no nosso caminho, um espinho na carne, nisso ninguém está só, todos temos um…Todos temos defeitos, erramos, coisa e tal.

Eu falo de combater na raiz, dentro da família, o pensamento de que nós somos o centro do universo, de que nossos direitos são mais importantes do que nossos deveres, de que se temos um alvo podemos passar por cima de tudo e todos para alcançá-lo.

Podemos mudar isso?Vamos começar a mudar juntos?

Flávia Beck É escritora, formada em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, pós-graduada em Comunicação e Saúde pela FIOCRUZ, fez vários cursos em educação infantil, mas o curso mais importante foi o prático com seus filhos Rafael de 6 anos e Gabriela de 10.
Contato: [email protected]




Aniversariante do mês
Giselli Cristina

Cantora

39 anos


publicidade

Mais artigos

Ester Guimarães confirma presença na Expoevangélica 2019

Ester se apresentará no palco principal da Expoevangélica, divulgando seus lançamentos e também outros hits de sua carreira


“Livramento divino” pastor sobrevive a trágico acidente

"Deus estava com suas mãos em volta do meu pai naquele momento”, disse Jessica filha do pastor


Igreja Universal vira local de confusão e vídeo viraliza na internet

Enquanto a população se divertia e registrava o momento por meio de filmagens, as obreiras da igreja tentavam amenizar a situação


Cantora evangélica revela que orou e jejuou para perdoar ex-marido

Após sete dias de jejum e oração ela conseguiu perdoar o ex-marido, depois que ouviu as orientações de sua pastora


Priscilla Alcantara “pisa na bola” e canta música secular em show gospel

Priscilla Alcantara cumpriu a promessa e cantou a música Shallow da cantora secular Lady Gaga


Assembleia de Deus de Santa Cruz reúne multidão para comemorar 65 anos

De acordo com a organização, cerca de 1,5 mil pessoas participaram em cada um dos três cultos promovidos. No encerramento teve a Ceia do Senhor


Homem testemunha cura após se batizar nas águas

Quando o homem deixou a piscina, começou a sentir um 'calor' em suas mãos e em suas pernas. Ele conseguiu sair da piscina sem ajuda de ninguém


Mattos Nascimento irá processar empresa aérea que o fez cancelar show

O cantor só conseguiu embarcar depois de 15 horas de atraso, e não chegou a tempo para realizar seu show


Conheça a empresária que criou a linha gospel de Sex Shop

A proposta foi criada pela empresária Alessandra Seitz, dona da marca Intt (abreviação de intimidade). A empresa fabrica cosméticos sensuais


Fernanda Brum contraria religião e batiza filha criança no Jordão

A religião não permite que se batize crianças com idade inferior a 12 anos de idade