noticias gospel

A começar por mim – Flavia Beck

Publicado em: 28/06/13 as 1:02 por Micael Batista

Compartilhe:

Nós estamos vivendo dias conturbados em nosso país, todos nós queremos mudanças, queremos um país melhor.

Saúde, educação e transporte dignos estão na pauta do dia.

Nós brasileiros temos muito o que caminhar em termos de direitos e seguridade social.

Bom, dito isso, o que realmente me preocupa é que a mesma pessoa que eu vejo bradar pelos seus direitos não respeita os direitos dos outros!

Nada muda da noite para o dia, eu sei disso, mas esse pode ser o momento da virada pra nós, podemos deixar um legado muito mais forte para nossas futuras gerações se começarmos a pensar de forma diferente e agirmos de forma diferente, respeitando os direitos dos outros, não levando adiante a cultura de passar a perna nos outros, pensando de forma permanente e não de maneira imediatista.

As crianças estão de olho em nós, não adianta pedir que elas sejam pessoas bacanas, se nós não somos pessoas bacanas…

Quando ninguém está olhando… Quem é você?

O exemplo fala muito mais alto do que qualquer sermão!

Nosso comportamento no trânsito, por exemplo, tem gente que vira monstro com a mão no volante?

Não tenha vergonha de pedir desculpas ou perdão por algo, mesmo que você ache que está com toda razão, isso pode evitar verdadeiras tragédias.

Isso é um esforço coletivo, mas alguém pode começar, então que sejamos nós!

Sempre haverá uma pedra no nosso caminho, um espinho na carne, nisso ninguém está só, todos temos um…Todos temos defeitos, erramos, coisa e tal.

Eu falo de combater na raiz, dentro da família, o pensamento de que nós somos o centro do universo, de que nossos direitos são mais importantes do que nossos deveres, de que se temos um alvo podemos passar por cima de tudo e todos para alcançá-lo.

Podemos mudar isso?Vamos começar a mudar juntos?

Flávia Beck É escritora, formada em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, pós-graduada em Comunicação e Saúde pela FIOCRUZ, fez vários cursos em educação infantil, mas o curso mais importante foi o prático com seus filhos Rafael de 6 anos e Gabriela de 10.
Contato: [email protected]

Compartilhe: