“Pastor” Juiz de paz do Pará pede demissão para não celebrar casamento gay


Publicado em: 21/05/13 às 2:20 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:42


Compartilhe:
O juiz de paz do Cartório do Único Ofício de Redenção, sudeste do Pará, pediu demissão do cargo após decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que obriga os cartórios a realizarem casamento entre pessoas do mesmo sexo. Ele alega que “o casamento homoafetivo fere os princípios celestiais”.

Nomeado para o cargo há sete anos, José Gregório Bento, 75 anos, há mais de quatro décadas é pastor da Igreja Assembleia de Deus, e trabalha como voluntário no cartório civil da cidade, fazendo conciliações e celebrando casamentos.

Segundo o pastor, ele protocolou a demissão porque se recusa a obedecer a decisão CNJ, publicada no último dia 14 de maio, que obriga os cartórios de todo o país a celebrar o casamento civil e converter a união estável homoafetiva em casamento.

“Deus não admite isso. Ele acabou com Sodoma por causa desse tipo de comportamento”, declarou José Gregório. “Acho essa decisão horrível. Ela rompe com a constituição dos homens, mas não vai conseguir atingir a constituição celestial”, completa.

Segundo Gregório, ele recebeu a notificação de que não poderia se recusar a fazer casamentos homoafetivos nesta segunda-feira (20) mas afirmou que, desde a publicação da decisão da Justiça, já havia tomado a decisão de abrir mão do cargo. “Não há lei dos homens que me obrigue a fazer aquilo que contrarie os meus princípios”, alega. “Existe ai uma provocação para um grande tumulto no nosso país. Deus fez o homem e a mulher para a procriação, para reproduzir. Não sei onde vai chegar isso”, questiona.

O pastor afirma ainda que solicitou a demissão ao titular do cartório, Isaulino Pereira dos Santos Júnior, mas que o tabelião pediu que ele permanecesse no cargo. “Ele me pediu para eu ficar e disse que caso alguém solicitasse o pedido de casamento homoafetivo, outro juiz de paz seria chamado para realizá-lo. Mas aqui, graças a Deus, ainda não chegou ninguém pedindo o casamento homoafetivo”.

Você concorda com a atitude do pastor? Comente.

Compartilhe:



Mais artigos

Cantor gospel flagrado aos beijos com outro homem estaria em depressão profunda

Segundo informações de amigos próximos ao cantor, ele está enfrentando uma forte crise de depressão


Chocante: Avião em que a cantora gospel Fernanda Brum viajou “quase caiu” na Bahia

A notícia foi publicada pela própria cantora gospel em suas redes sociais


Evangélicos e 13 razões para não votar em Haddad

A grande massa evangélica não apoia o candidato e nem concordam com seu plano de governo


Daniela Araújo alcança perdão e recupera número importante na sua carreira

A cantora gospel tem alcançado uma enorme recuperação apenas um ano após o maior escândalo da sua carreira


8 fatos sobre Jair Bolsonaro que os pastores insistem em ignorar

Bolsonaro lidere as pesquisas para presidente no segundo turno e tem apoio da maioria dos evangélicos


Integrante do Coral Kemuel, gay? Será mesmo?

Os rumores de que existe um integrante do Kemuel homossexual circula nos grupos de Whatsapp desde o início da semana


Urgente: Com câncer, cantor famoso clama a Deus por cura

O cantor declarou recentemente que se sente confiante na cura por Deus e comoveu os internautas


Depois de suicídio de pastores, cantores gospel contraem doenças graves. Entenda!

Ludmila Ferber, Fernanda Brum e Pregador Luo, são apenas alguns nomes dos artistas gospel famosos que anunciaram estarem doentes


“Tem pomba gira aí ” diz Daciolo em briga acalorada com Feliciano

Toda essa briga começou depois que Daciolo postou um vídeo nas redes sociais dizendo que Feliciano era "maçom"


O Fuxico Gospel recebeu 13 milhões de visualizações em Setembro e lidera entre sites cristãos

Fundado em 2012, O Fuxico Gospel é hoje o site de notícias gospel mais acessado do país