noticias gospel

Pai de vocalista do Mamonas Assassinas vai processar Marco Feliciano

Publicado em: 15/04/13 as 21:01 por Micael Batista

Compartilhe:

As declarações do deputado Marco Feliciano continuam gerando polêmica, e mais uma vez podem parar na Justiça. O pai do vocalista Dinho, do grupo Mamonas Assassinas, morto em 1996, vai processar por danos morais o pastor, que ocupa a presidência da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias. O motivo seria a afirmação do parlamentar de que Deus matou o grupo, cujos integrantes perderam a vida após o avião da banda colidir com a Serra da Cantareira. As informações são do jornal O Dia.

No vídeo que circula na Internet, Feliciano diz: “O avião estava no céu, região do ministro do juízo de Deus. Lá na Serra da Cantareira, ao invés de virar para um lado, o manche tocou pra outro. Um anjo pôs o dedo no manche e Deus fulminou aqueles que tentaram colocar palavras torpes na boca das nossas crianças”, disse.

Leia também: Feliciano diz que Deus ‘matou’ John Lennon e Mamonas Assassinas

A confirmação do processo ocorreu nesta segunda-feira (15) pelo pai do vocalista, Hildebrando Alves Leite, que considera um absurdo as afirmações feitas pelo deputado contra os integrantes da banda. Hildebrando, que mora no estado de São Paulo, disse ao O Dia que vai entrar com o processo por Brasília nessa semana ou na semana que vem.

Ao jornal O Dia, o pai do músico disse que o pastor não precisa emitir todas as suas opiniões sendo uma pessoa pública.

“Ele foi infeliz nessas declarações, não soube se colocar. Não tenho nada contra ele, mas ele tem que saber o que fala”, declarou Hildebrando à publicação.

Compartilhe: