noticias gospel

Acusado de matar Eliza Samudio passa o tempo lendo a Biblia

Publicado em: 25/04/13 as 14:59 por Micael Batista

Compartilhe:
Depois de um interrogatório de mais de seis horas com a delegada Ana Maria Santos, terminou o primeiro dia de julgamento do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, acusado de matar Eliza Samudio e ocultar o corpo. 

Bola se apresenta em seus depoimentos, sempre com uma face abatida, com os olhos lacrimejando, mostrando uma aparência de alguém que está arrependido apesar de nada haver confessado.

Advogados do acusado, informam a imprensa esta manhã, que bola chora muito e passa boa parte do tempo lendo a Biblia.


Ele está se apegando a fé, Marcos sempre foi um homem religioso. Disse um dos advogados

A previsão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) é de três dias de júri. Mas ele pode se alongar mais. Os advogados de defesa prometem extensos interrogatórios de todas as testemunhas. 

Embora a delegada tenha afirmado que não foi encontrada prova concreta de que Eliza foi morta na casa de Bola, em Vespasiano, ela voltou a legitimar o depoimento do primo do goleiro Bruno, Jorge Luiz Lisboa Rosa, à época adolescente, que narrou com riqueza de detalhes os momentos finais da vítima.
O Fuxico Gospel

Compartilhe: