noticias gospel

O louvor no século 21 e a influência do evangelho

Publicado em: 20/03/13 as 17:24 por Micael Batista

Compartilhe:
Que as igrejas sofreram várias mudanças, desde a chegada do século 21, isso é incontestável.
Inégavel também, é que os cultos mudaram, as pregações mudaram, e os louvores também mudaram.
A modernização Gospel trouxe além de uma variedade cultural exorbitante para dentro da igreja, a quebra de preconceitos com diferentes ritimos musicais, o que abriu oportunidade para o rapper, o cantor de forró, o DJ, a banda de Axé ou as chamadas Swingueiras… entre diversos outros ritimos.
A imagem abaixo mostra duas diferente gerações musicais.
Cantores como Adhemar de Campos, Armando Filho e J.neto, que Foram sensação nos anos oitenta e noventa.

Por outro lado, vemos a irreverência de Thalles Roberto, as canções inspiradoras de Davi sacer, e em paralelo, as letras do pregador Luo.
Letras, ritimos, épocas,  e claro, a conta bancária, diferenciam essas duas gerações.
Mas até que ponto as mudanças naturais da época, influenciam no louvor e adoração genuinos?

Leia também: Ana Paula anuncia sua saída do Diante do trono
porque não se houve testemunhos de pessoas que se converteram, por simplesmente ouvir uma canção, como antigamente?
Porque as músicas de hoje, não leva o pecador ao arrependimento?
Como já dizia o Luo. ” Bons tempos são reais, só que o bom tempo vem e vai”
Precisamos de uma reforma no louvor que é tocado nas igrejas, Urgente!
Izael Nascimento para O Fuxico Gospel

Compartilhe: