“O Defensor dos Direitos Humanos”, Jean Wyllys, é processado por humilhar seus alunos.


Publicado em: 12/03/13 às 15:13 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:43


Compartilhe:

O baiano e deputado federal Jean Willys (PSOL-RJ), um dos participantes do programa Big Brother Brasil 5, da TV Globo, está sendo processado por seis alunos da Faculdade Jorge Amado, em Salvador. Jean dava aula de Cultura Brasileira e Baiana no curso de Comunicação Social.

Ele é acusado de humilhar, perseguir e reprovar sem base os universitários da turma noturna, que agora cursam o 6º período.

O comportamento de Jean teria feito alguns alunos desistirem de fazer o curso e outros pedirem transferência para outra faculdade. De acordo com os advogados Jean ignorava os universitários nas aulas e ironizava as dúvidas dos alunos. “Sem contar com a chacota através de comentários infelizes como ‘alunos insuportáveis, incompetentes, que caíram na faculdade de paraquedas etc’”, registra a ação.

Tais agressões eram concretizadas de forma verbal em sala de aula, com acusações em tom de voz “alterado”, agressivo e ameaçador, bem como através de anotações feitas no corpo das provas realizadas pelos alunos, sempre com critério subjetivos de avaliação, na maior parte das vezes em reprovação, não obstante o esmero dos alunos para adequarem seus estudos aos “costumes” e ideologias de seus “mestres”.

Não foram poucas as oportunidades em que o professor Jean Willys dirigiu-se a um pequeno grupo de alunos e disse-lhe que “deveriam procurar outra profissão para seguir como porteiro, caixa de supermercado, vendedor… pois jamais seriam jornalistas” , “ que vocês não tem condições e competência para estar fazendo o curso de Jornalismo”.

Para uma pessoa que nega a influência do BBB para que tenha chegado aonde chegou e que se intitula defensor dos Direitos Humanos como sua principal bandeira, algo está muito contraditório com a descoberta desta nova história.

Terá que uma pessoa ser homossexual para ganhar o respeito e o rótulo de inteligente por Jean Wyllys?

A arrogância deste parlamentar que foi eleito graças à expressiva votação do ex-católico e agora também defensor e patrocinador dos gays, Chico Alencar, desmascara seu verdadeiro posicionamento quanto ao que entende por Direitos Humanos. SEJA GAY OU VOCÊ É BURRO! DEMOCRACIA QUE VALE É SÓ A MINHA E O RESTO É IGNORÂNCIA.

VEJA O PROCESSO MOVIDO CONTRA JEAN WYLLYS:http://bit.ly/kqZSNg

Compartilhe:



Mais artigos

Bomba! Cantor gospel pentecostal é flagrado aos beijos com outro homem

Até o momento o cantor Diógenes não se manifestou sobre as fotos


W. Music cria playlist no Deezer com os vencedores do festival

A novidade agradou ao publico e aos fãs dos artistas que foram revelados pelo festival


Pastor preso por espiar mulheres em banheiros químicos, vai usar tornozeleira eletrônica

Peterson William Fontes, é bispo do Ministério Atraindo as Nações ao Altar de Deus, em Vicente Pires, no Distrito Federal


Vazou: “Toda maldição do 13 vai cair por terra” diz padre durante missa

algumas pessoas alegam que não pode misturar política com religião e condenaram a atitude do religioso


Polêmica: Padre que celebrou missa e pediu votos para Haddad foi punido pala diocese

Em nota assinada pelo assessor de comunicação, a diocese de Campo Limpo (SP) se manifestou sobre o assunto


COMJADEM 2018 bate recorde de jovens em Aracaju-SE

O COMJADEM 2018 aconteceu nos dias 11 e 12 de Outubro


Halloween gospel: Relembre 10 fotos do evento mais “bizarro” da Igreja Mundial

O evento aconteceu no Resort Mavsa, localizado em Cesário Lange, à 90 minutos de São Paulo


Pastor preso em flagrante, abriu “buracos” em banheiros químicos para espiar mulheres

Petersson se apresenta como: “Bispo do Ministério Atraindo as Nações ao Altar de Deus – DF, radialista , escritor e apaixonado por Jesus Cristo”.


Urgente: Residência de pastor da assembleia de Deus é metralhada após ele declarar apoio a Bolsonaro

Vários pastores e fieis estão sofrendo ameaças por se posicionarem prol Bolsonaro


Profecia do Cabo Daciolo se cumpre e ele manda recado, “Não brinquem com Deus”

O político gravou uma série de vídeos que falavam, em tom profético, o que iria acontecer no Brasil