Pedro Bial reflete sobre o maior “Pecado” do BBB13


Publicado em: 07/02/13 às 12:01 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:43


A saída de Yuri do BBB 13 levou o apresentador Bial a refletir sobre o papel dos veteranos no programa. Considerados favoritos – e portando-se como tal – os participantes mais experientes foram caindo um a um. Primeiro, Kléber Bambam pediu para sair. Dhomini, que chegou a dominar a primeira semana de jogo, foi expulso pelo público. E Yuri acabou fulminado no primeiro paredão triplo da 13ª edição. A coisa se inverteu: os veteranos, vistos anteriormente como senhores da arte de participar do BBB, passaram a bajular os novatos, e a tentar reescrever suas histórias no programa. “Quero conhecer tudo e todos. Cheguei hoje, igual à Marien”, disse Fani após tentar entender nas entrelinhas o que disse Pedro Bial e sem imaginar que recebeu menos de 10% dos votos no paredão triplo.
O mais surpreso com o resultado era o próprio Yuri. Visivelmente desconcertado, ele deixou claro que considerava-se o vencedor do BBB 13. Bom para o programa. É inegável que Boninho acertou e conseguiu atrair mais olhares para o 13º Big Brother Brasil ao eleger seis ex-participantes, os principais de suas edições, para voltarem para a casa. Rapidamente eles se tornaram os protagonistas do show, muito antes do prazo necessário para o público entender quem é quem no BBB.
Passado o primeiro mês, o público manda um recado: até assiste a histórias repetidas, mas tem uma tolerância que não pode ser subestimada. Desde o início do programa, foi dado aos novatos o papel de figurantes. Já na estreia do reality, a apresentação dos calouros foi espremida no grande mistério de revelar quem seriam os veteranos. A eles, restou aceitar e tentar, com o passar dos dias, conseguir mais espaço na trama. A tarefa não está difícil, afinal, a eliminação é decidida por rejeição. Quem não aparece não incomoda.
Antes da eliminação, Bial era categórico quanto à sensação de favoritismo dos regressados: “Aos novatos é até perdoável o pecado de se acreditar invulnerável, invencível, predestinado a vencer, o eleito. Um veterano se comportando assim é, no mínimo, embaraçoso. Afinal, se já perdeu uma vez, será que não aprendeu?”, criticou, com a tradicional mensagem que os BBBs – e uma parte desavisada do público – leva para o travesseiro, como se fosse lição de vida.
Yuri começou a sua derrocada no BBB13 assim como no ano anterior: com atitudes explosivas causadas por um relacionamento na casa. Ele era um dos favoritos ao prêmio, mas perdeu a cabeça em uma discussão com Natália, com quem manteve um relacionamento. O lutador xingou, indispôs-se com grande parte da casa e foi dormir cheio de inimigos. Arrependido, pediu perdão para cada um no dia seguinte, mas não escapou dos votos e foi para o primeiro paredão triplo da edição. Poucos dias depois, Yuri repetiu outro erro: não mediu suas palavras. Ao insinuar que sisters tinham doenças sexualmente transmissíveis, o goiano causou revolta nas redes sociais. No domingo, outra mancada: ao justificar seu voto em Marcello, o lutador disse que ele “falou que tinha problemas no joelho e depois estava dançando igual a um macaco”, e completou dizendo que faltou masculinidade ao rapaz. Bial repreendeu a declaração e disse que masculinidade é uma palavra forte.
Em seu discurso da noite desta terça-feira, Bial falava para Fani e Yuri, mas parecia fazer uma análise desta edição do programa: “Os veteranos lutam, em primeiro lugar, contra os fantasmas deles mesmos”, refletiu o apresentador, que continuou falando para Yuri e Fani, mas poderia ser para o Brasil: “Às vezes parece que mesmo quando olham para frente o que veem é o passado. Sabe lá o que é olhar no espelho, e não saber em que ano você está? Em que BBB você está?”, questionou.
Os rumos tomados pelo programa nesta semana também podem ser vistos como uma metáfora para a situação do programa. Na décima terceira edição, a audiência do veterano Big Brother Brasil é decadente e contrasta com a ascensão de novos formatos de reality show, como o The Voice Brasil, do mesmo diretor, Boninho.
O respeitado jornalista Pedro Bial incluiu no sermão um discreto desabafo. “E sobra para mim dizer, como o pai de uma criança assustada: Tá tudo bem, eu estou aqui, nada de mal pode te acontecer. Garantir que nada pode fazer mal? É só um jeito doce de mentir, um carinho. Vocês podem imaginar que não é fácil minha posição. As únicas palavras que vocês realmente querem ouvir de mim são: Você é o vencedor do Big Brother Brasil. Mas, antes, eu tenho que anunciar, quinze vezes, a sua eliminação”, disse o apresentador que, por fim, revelou: “Hoje quem sai é você, Yuri”. Pobre Yuri. Pobre Bial.
Com informações/ Veja



Aniversariante do mês
Giselli Cristina

Cantora

39 anos


publicidade

Mais artigos

Regis Danese anuncia lançamento de novo single e fãs se emocionam

Através do Instagram de Regis Danese compartilhou um pouco da sua nova música intitulada "Eu Decido Adorar". Todos torcem pelo sucesso do cantor


Priscilla Alcantara emociona sucessora com declaração de amor

Após cantar sucesso de Lady Gaga e causar polêmica, Priscilla volta a chamar atenção dos internautas


Igreja é alvo de arrombamento e furto nesta madrugada

Uma igreja católica foi alvo de furto na madrugada desta quinta-feira (23). A Polícia Militar foi acionada e compareceu ao local da ocorrência


Pastor é preso em BH suspeito de falsificar diplomas e carimbos médicos

Segundo a Polícia Militar (PM), vários materiais comprometedores foram encontrados com o pastor


Pastor era o alvo do atirador que matou quatro pessoas em Igreja Batista

De acordo com informações do irmão de uma das vítimas, o assassino Rudson Aragão Guimarães, queria se vingar do pastor


Homem é submetido a cirurgia e declara: “Milagre de Deus”

"Um milagre de Deus. Primeiramente de Deus e, segundo, o doutor. Nunca me faltou fé, até hoje não, graças a Deus", disse o homem durante uma entrevista


Lauriete vota a favor da COAF e é “atacada” na internet

Lauriete votou a favor da COAF e se julgou estar visando o melhor para o Brasil, entretanto, a atitude foi o bastante para causar polêmica


Abílio Santana se reúne com Bolsonaro no gabinete presidencial

Recebido com honra pelo presidente em seu gabinete, o leão da Bahia tratou de assuntos de interesse dos evangélicos


Ministério Público arquiva inquérito contra Igreja Universal

O inquérito havia sido instaurado no ano de 2017, após uma série de reportagens da rede de televisão TVI, ser exibidas.


Igreja evangélica faz jejum e oração para ministério “concorrente” fechar

Ainda é um tabu que precisa ser quebrado, as igrejas mais antigas em sua grande parte não se unem com os novos ministérios.