noticias gospel

Explosão de gás destrói igreja, polícia acredita em atentado

Publicado em: 01/02/13 as 20:25 por Micael Batista

Compartilhe:

Na manhã da última quinta-feira (30) um botijão de gás explodiu dentro de uma igreja evangélica na região do Barreiro, uma das mais movimentadas de Belo Horizonte (MG), deixando o prédio destruído. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de se tratar de um atentado, já que a inscrição “Matar a igreja” foi pichada na parede do galpão da Igreja Batista Santuário da Adoração.
“Há um terrorismo e várias igrejas foram pichadas com a mesma ameaça. Muitas foram danificadas, tiveram as portas pichadas ou foram furtadas”, disse o sargento Vinícius Alcântara, do 41º Batalhão, para o jornal O Estado de Minas.
Outro motivo que levam os policiais a investigarem o possível atentado é que o vazamento de gás por si só não causa explosão. “Tem que ter uma fonte de ignição e a igreja estava fechada no momento. Não sabemos realmente o que provocou a explosão”, disse o tenente Paulo Henrique Firme, do 1º Batalhão de Bombeiros Militares.
O tenente comenta que um curto-circuito ou um cigarro aceso deixado no local poder ter causado a explosão que foi de grande intensidade. O telhado, as paredes, o teto da cozinha e do escritório foram completamente destruídos. A explosão foi tão forte que os vidros de uma casa que fica a 100 metros da igreja foram quebrados e por pouco um funcionário de uma operadora de TV não morreu, ele estava dentro de um carro parado na rua.
Um dos pastores da Igreja Batista Santuário da Adoração, Luiz Olavo Souza, acredita na possibilidade de atentado. “Uma ameaça como essa deixada na parede sempre assusta”. O segundo pastor estava muito assustado e não quis comentar sobre o caso com a equipe do EM.
Gospel Prime
Compartilhe: