noticias gospel

Conheça As passagens mais sanguinárias da Bíblia

Publicado em: 28/02/13 as 14:34 por Micael Batista

Compartilhe:
A Bíblia é o livro mais lido da história e o mais sagrado que já existiu no mundo cristão, pois possui, nada mais nada menos que, a “Palavra de Deus”.

Obviamente, e como era de se esperar de algo tão sagrado, é inadmissível que você cristão ou mesmo qualquer um de nós venha a questionar o que está neste livro, afinal, dessa forma você estará questionando a palavra de Deus, um enorme sacrilégio que, tempos atrás, poderia inclusive custar a sua vida, vide a Inquisição.

No entanto, não podemos deixar de notar que várias passagens da Bíblia relatam uma sanguinolência terrível, coisas que colocariam muitos filmes violentos de hoje “no chinelo” e que, certamente, você se sentiria no mínimo desconfortável de ler isso aos seus filhos.

Pior do que isso, muitos podem pensar que isso seja “tudo obra do Diabo”, entretanto, a maioria esmagadora dessas mortes, para nossa surpresa, são cometidas direta ou indiretamente por Deus, ou em nome Dele.

O americano Steve Wells anotou todas as mortes, como essas, registradas nas sagradas escrituras e as somou, chegando à incrível soma de 2.552.452 (dois milhões, quinhentos e cinquenta e dois mil, quatrocentos e cinquenta e duas mortes, entre homens, mulheres e crianças). Isso sem contar os que deveriam ter sido mortos no dilúvio, algo que poderia passar de trinta milhões.

Surpreso? Não acredita? Então pegue sua Bíblia também e nos acompanhe na travessia desse verdadeiro mar de sangue.

O anjo da morte

Em Reis 19:35, Deus manda um anjo e em apenas uma noite ele mata 185 mil pessoas e na manhã seguinte todos os corpos estão espalhados pela cidade. Isso acontece, pois os assírios haviam blasfemado contra Deus, ou seja, foram mortos pelo simples fato de terem outra ou nenhuma crença:


Moisés

Em Êxodo 2:11-15, Moisés, um dos discípulos mais famosos de Deus, mata um homemsomente pelo fato dele estar maltratando outro e depois quando é descoberto, em vez de pagar por seu pecado, ele foge e nada lhe acontece:


Reclamação mortal

Em Números 16:30-35, o povo que vive no deserto comandados por Coré, vai até Moisés reclamar porque ele fica andando pelo deserto com todos seus seguidores.

Por esse motivo Moisés se enfurece e Deus também, e depois de ouvir a reclamação do povo de Coré, Deus abre as areias do deserto e os reclamantes são todos engolidos pela terra e mortos. Como se não bastasse, Deus ainda manda fogo para matar outros 250 daquele povo, completando a matança:


E você, o que acha?

Certamente esses textos agradavam aos povos da época, causando uma maior imponência e temor a Deus. Mas, e hoje? O que você acha disso tudo?

Compartilhe: