noticias gospel

Carnaval: Modelo perde os cabelos para tirar fantasia

Publicado em: 10/02/13 as 22:02 por Micael Batista

Compartilhe:

Há passistas que dizem “dar o sangue” pelas escolas de samba do coração, aguentando machucados causados por fantasias ou bolhas e calos nos pés. Outras “dão” o cabelo.
A modelo Jéssica Lopes, que ficou conhecida como a “peladona de Congonhas”, passou mal após desfilar como destaque na escola Império de Casa Verde, que encerrou o segundo dia do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo, na manhã deste domingo (10).
Após os portões da passarela se fecharem para a escola, já por volta das 7h20, a modelo voltava pela pista quando começou a sentir tontura. Ela se apoiou nas grandes da lateral do sambódromo e teve dificuldade para retirar sua fantasia, que tinha um pesado adereço de cabeça.
Dois bombeiros, um segurança e um integrante da escola precisaram usar tesouras para cortar mechas do cabelo da loira, que enroscaram na fantasia.
Depois do susto, ela disse que estava tudo bem e foi embora. Em São Paulo, ela também desfilou pela escola Nenê de Vila Matilde, que abriu os desfiles do segundo dia.
A modelo ganhou o apelido quando foi flagrada por fotógrafos trocando de roupa no aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.
Folha
Compartilhe: