Sobe o número de mortos em vigília da Igreja Universal na Angola


Publicado em: 02/01/13 às 20:51 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:43


Compartilhe:

O número de mortos durante uma vigília da Igreja Universal do Reino de Deus na Angola na véspera do Ano Novo chega a 16, informou o Angop nesta quarta-feira.

Segundo o jornal estatal da Angola, 16 pessoas foram mortas em um tumulto na entrada do estádio Cidadela Desportiva, onde aconteceu o evento. Entre os mortos estavam três crianças.
As mortes aconteceram por pisoteamento e asfixiamento pela multidão que tentava entrar no estádio. De acordo com Paulo de Almeida, o vice-líder da polícia angolana, cerca de 150.000 pessoas tentaram assistir ao evento em um estádio cuja a capacidade é de 50.000.
Um oficial da IURD, Ferner Batalha, afirmou que esperava a presença de 70.000 pessoas. “Esperávamos 70.000 pessoas, mas esse número foi amplamente superado”, admitiu ele nesta terça à Angop.
Batalha afirmou que a igreja havia avisado as autoridades e pedido a colaboração da Cruz Vermelha na organização da vigília.
Além dos mortos, 120 pessoas ficaram feridas.

Em um outro evento ocorrido no fim de ano na Costa do Marfim, uma tragédia similar aconteceu. Pelo menos 60 pessoas e mais de 200 ficaram feridas durante a celebração de ano novo em Abidjan.
A multidão acompanhava um show de fogos de artifício quando se criou uma “grande avalanche”, segundo o comandante do corpo de bombeiros, Isa Sako. “Pessoas foram pisoteadas e sofreram asfixia”, acrescentou.
Os feridos foram hospitalizados e a área foi isolada pela polícia e por membros da Operação das Nações Unidas na Costa do Marfim (Onuci).
Compartilhe:



Mais artigos

“Não tenho realmente mais nada a perder”, diz Ludmila Ferber em post do Instagram

A pastora Ludmila Ferber luta contra um câncer no pulmão diagnosticado em março deste ano


André Valadão toma decisão e fala o que pensa sobre Damares Alves

Por dizer que teve uma visão de Jesus em um pé de goiaba, e que Ele a convenceu a não cometer o suicídio, ela passou a ser ironizada nas redes sociais


Polêmica envolvendo Magno Malta e Cabo Daciolo divide mundo gospel

Magno Malta apoiou Bolsonaro para presidente ao invés de Daciolo, assim como a maioria dos evangélicos


O plano “B” de Malafaia sobre Bolsonaro

O líder religioso é um dos principais "Espiritual Influencer" do Brasil e já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção


Pastora lésbica faz declaração na TV e constrange evangélicos

A pastora se utilizou de um argumento já ultrapassado da comunidade LGBT de que a orientação sexual homossexual seria algo de nascença


Cantor secular doa piano de R$ 60 mil para igreja evangélica e revolta fãs

A doação gerou polêmica pois o artista está devendo a pensão alimentícia do filho Matheus, de 6 anos


Haddad perde mais uma e é condenado a pagar 80 mil por ofensas a Edir Macedo

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso


Tragédia: Sofrendo com depressão há dois anos, pastor evangélico tira a própria vida

Ultimamente casos de suicídios entre pastores estão aumentando e preocupando a liderança evangélica no Brasil


Fernanda Brum vai responder na justiça por não comparecer a evento gospel. Saiba qual

A organização do Clama Bahia informou por meio de nota, que irá entrar na justiça contra a cantora


Após denuncias de abuso sexual MP de Goiás pede prisão do médium João de Deus

A medida foi requerida após o MP receber mais de 200 denúncias das supostas vítimas do líder religioso