Pastor da “igreja da maconha” será julgado por tráfico


Publicado em: 10/01/13 às 13:11 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:43


A Justiça da cidade de Americana , São Paulo, sequestrou os bens do líder da Primeira Igreja Niubingui Etíope Coptic de Sião do Brasil. Ela é chamada de “igreja da maconha” e foi fundada por  Geraldo Antonio Baptista, 53 anos. do religioso, incluindo o imóvel que é sede da Igreja, não podem ser vendidos antes dele ser julgado pela Justiça.
Marlene Martins, esposa de Geraldinho e uma das responsáveis pela igreja desde que ele foi preso, a rotina dos cultos não foi alterada. “Perdemos nossa liderança, então o movimento cai um pouco. Muitos universitários, principalmente, ficaram com receio após a prisão. Mas continuamos funcionando normalmente”, ressaltou.
O Ministério Público não se pronunciou sobre o caso, mas sabe-se que a próxima audiência do caso ocorrerá dia 17 de janeiro.
A defesa alega que Geraldinho cultivava maconha para uso religioso, algo permitido pela legislação brasileira. A droga seria consumida apenas em ocasiões de culto. O argumento pela liberação é o mesmo usado pela religião do Santo Daime, que usa nas cerimônias um chá elaborado com a erva alucinógena ayahuasca.
“Nossos advogados são os mesmos, e nosso objetivo é provar que podemos usar a cannabis ritualmente”, explica Marlene.
Enquanto isso, Marlene e os seguidores  da “igreja da maconha”, além de simpatizantes da causa, têm se mobilizado pela internet numa campanha em favor da libertação de Geraldinho.
Mais de 3.200 pessoas já assinaram uma petição online, que pede a libertação do líder preso e advoga a liberdade religiosa no país.  Os advogados de Geraldinho já adiantaram que, durante o julgamento, mostrarão como a maconha pode ser usada de forma ritual nos cultos da igreja. Eles entendem que a Justiça não desrespeitará o item da Constituição que garante liberdade religiosa aos brasileiros.
“Nosso objetivo é defender não só a liberdade do Geraldinho, mas também a liberdade religiosa, garantida a todos os brasileiros pela Constituição”, finaliza Marlene. “O uso cerimonial da cannabis [nome científico da maconha], que para os adeptos da cultura Rastafári Niubingui é sagrado.”. As informações são do UOL.


Aniversariante do mês
Liz Lanne

Cantora

41 anos


Mais lidas

Mais artigos

Urgente! Esposa de Samuel Mariano sofre grave acidente de carro

Além de Isabela, os dois filhos de Samuel Mariano também estavam no carro


Conheça Rute Assunção, a cantora gospel que está conquistando o Brasil

Neste sábado(16), a cantora alagoana estará lançando o seu mais novo álbum que se intitula "Voltando pra Casa"


Cantora Damares compartilha experiência marcante e emociona internautas

Damares quebrou o silêncio e trouxe uma palavra de reflexão e um testemunho emocionante


Após vencer o Grammy com CD “fraquinho” Fernanda Brum anuncia novo single

Fernanda Brum fez uma publicação em suas redes sociais onde anunciou o lançamento de seu novo single e com participação especial do cantor Marcos Freire


“Jesus me ama como sou”; diz Augustin Fernandez após ser batizado nas águas

Quem aceitou batizá-lo, foi a liderança da Igreja Apostólica Novidade de Vida, na Zona Sul de São Paulo, já famosa por batizar famosos em ascendência ao evangelho.


André Valadão lança “Cartão de crédito Fé” durante culto na Lagoinha

Sem anuidade, o cartão é próprio para aposentados e pensionistas, e para funcionários públicos


Após participação em DVD gospel, Simone irrita evangélicos ao gravar funk

Simone nunca cogitou a possibilidade de abandonar a sua carreira secular para se dedicar ao gospel, atitude que também foi criticada pela comunidade gospel


Luto: Um ano após trocar de esposa, pastor é assassinado a tiros dentro de casa

A polícia investiga se a morte teve motivação passional ou se o pastor foi morto por engano


Wesley Ros comemora aniversário de 42 anos e recebe o carinho de fãs

O aniversário de Ros aconteceu nesta quinta-feira 14 de fevereiro


Neide Martins fala sobre câncer de mama e evangélicos caem no choro

A cantora segue em carreira solo, desde que o seu sobrinho optou por acabar com a dupla Alisson e Neide