noticias gospel

Ex-atleta olímpica dos EUA vira garota de programa em Las Vegas

Publicado em: 21/12/12 as 9:41 por Micael Batista

Compartilhe:

No currículo, três participações olímpicas. Mas, ao abandonar as pistas, Suzy Favor Hamilton seguiu um caminho incomum. Musa quando atleta, a americana resolveu virar garota de programa depois da aposentadoria. Nesta quinta-feira, Suzy confessou que cobra cerca de R$ 1.250 por encontros de uma hora em cassinos de Las Vegas, nos Estados Unidos.
A ex-atleta confirmou a nova carreira depois que um site americano divulgou a notícia. Através de seu Twitter, Suzy assumiu a responsabilidade pelas escolhas.
– Eu sei que fiz algumas escolhas altamente irracionais e tomo total responsabilidade por elas. Eu não sou uma vítima e sabia exatamente o que estava fazendo – disse.
Suzy, de 44 anos, disputou as Olimpíadas de Barcelona 1992, Atlanta 1996 e Sydney 2000 nas provas de 1.500m. A ex-atleta começou a atuar como garota de programa em dezembro do ano passado sob o nome de Kelly Lundy. Agora, se diz arrependida e disposta a voltar a se dedicar à vida familiar.
– Eu não espero que as pessoas me entendam, mas as razões que me levaram a isso naquele tempo me pareciam sensatas e foram frutos da depressão que eu sofria. Por mais louco que pareça, eu nunca pensei que isso viesse à tona, nem que eu fosse machucar alguém.
De acordo com o site “The Smoking Gun”, Suzy chegou a revelar seu passado como atleta para alguns clientes. Em seu perfil exposto em uma página de garotas de programa, afirmava: “Discrição é extremamente importante para mim. Eu sei que isso não é o ideal, mas espero que você entenda”.
Em setembro, Suzy correu a meia-maratona da Disney ao lado do marido. Agora, tenta salvar o casamento depois de ver sua vida-dulpla ser divulgada.
– Eu comecei a me prostituir porque era algo que me dava uma saída em um período muito complicado no meu casamento e na minha vida. Isso me ofereceu uma forma de escapar de uma vida na qual estava sufocada. Foi uma vida-dupla – afirmou.
Ofuxico Gospel / Globo esporte
Compartilhe: