Silas Malafaia proíbe que evangélicos votem em Haddad


Publicado em: 11/10/12 às 3:02 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:43


O pastor Silas Malafaia está fazendo campanha contra Haddad usando o “kit gay” e promete que o candidato não terá voto evangélico no segundo turno.
“Neste segundo turno em SP, vote em Serra 45. Haddad é autor do kit gay!” escreveu em seu Twitter, Silas Malafaia, da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo.
“Povo abençoado de São Paulo! Contra Haddad no segundo turno, vote Serra 45!”
Depois de uma reunião com o candidato José Serra (PSDB), nesta terça-feira, que lhe agradeceu o apoio recebido no primeiro turno, Malafaia afirmou que Haddad apoia ‘ativistas gays’ e não terá voto evangélico.
“O Haddad já está marcado pelos evangélicos como o candidato do ‘kit gay’. Não vamos dar mole para ele”, disse o pastor, segundo o Folha de S. Paulo.
Malafaia cita o material que foi apelidado como “kit gay” como a principal razão de porque o candidato não deve receber votos dos evangélicos. O kit, que tinha a intenção de servir como campanha contra a homofobia nas escolas, foi criado durante a gestão de Haddad no Ministério da Educação e suspenso pela presidente Dilma Rousseff.
Silas Malafaia ainda garante que mesmo se Hadddad chegar a ganhar as eleições não será através de votos dos evangélicos.
Apesar da convicção, algumas igrejas que apoiaram Celso Russomanno e Chalita afirmam que a cartilha não é decisiva nas suas escolhas.
De acordo com as mesma publicação, a Assembleia de Deus Ministério Santo Amaro, que apoiou Russomanno no primeiro turno, a cartilha “não tem nada a ver”.
“Não tem que mexer com a situação moral. O Haddad é pai de família, temos que respeitar”, afirmou o pastor Renato Galdino, presidente do conselho político da igreja.
Segundo Galdino, a igreja apoiará o candidato que não fizer “ataques pessoais”.
Outra igreja que também não considera o “kit gay” determinante no voto do segundo turno é a Renascer em Cristo, que apoiou também Russomanno. O ex-deputado Bispo Gê (DEM-BA) diz que a cartilha não deve influenciar sua igreja, que agora tende para Serra.
Mas Silas Malafaia pode exercer grande influência na população evangélica visto o seu “saldo positivo” no seu apoio aos candidatos no primeiro turno.
Segundo o colunista da Veja Lauro Jardim, a maioria candidatos em que o pastor apareceu na campanha foram para o segundo turno. Malafaia apareceu nos programas eleitorais dos candidatos José Serra, José Fortunatti, Ratinho Jr e Marcelo Lelis em Palmas. Apenas Lelis não foi para o segundo turno.
Com informações verdade gospel



Mais artigos

Após fim do casamento, Stefhany Cardoso toma decisão surpreendente sobre música gospel

Depois de se ausentar por alguns dias, a cantora gospel tomou uma decisão sobre sua carreira na música gospel


Novo clipe de Priscilla Alcantara “quebra” internet com letra inovadora e gospel átipico

"Empatia" é mais um projeto inquestionável dirigido por Gil Morais, e virou sucesso instantâneo no Youtube


Cantora gospel Damares posta foto do “niver” da filha Antonella e detalhe chama atenção

O evento foi bastante restrito a amigos e familiares


“Tô Solto” alcança 2 milhões de inscritos e é o maior canal de humor gospel do Brasil

Em uma recente entrevista ao O Fuxico Gospel, o humorista gospel revelou ter o sonho de ser pastor evangélico.


O encontro épico do Pastor Marco Feliciano com Silvio Santos

Feliciano foi recebido por Silvio Santos na casa do dono do SBT, em Orlando, nos EUA


Pastor renomado é denunciado por agressão a mulheres e crianças

 Na delegacia as vítimas foram ouvidas e relataram que as agressões eram praticadas pelo pastor


Urgente: Ícone da música gospel vive drama familiar com doença grave de parente

Considerado um dos maiores cantores gospel do Brasil, e com mais de 30 anos de carreira, ele clama por uma interferência divina


Saiba quais são os 5 pastores mais ricos do Brasil segundo a revista Forbes

A revista Forbes apresentou um novo ranking com o patrimônio estimado dos maiores líderes religiosos do Brasil


Urgente: Pastora desaparece misteriosamente e fiéis entram em desespero

A pastora está desaparecida desde o último sábado 12 de janeiro


Pedro Rocha é criticado por iniciar namoro 8 meses após a morte de Nara Almeida

Lutando contra um raro câncer no estômago, ela morreu em maio de 2018 e contou com a ajuda do companheiro durante todos os momentos de luta contra a doença