noticias gospel

Primeiro congresso ateista do Brasil acontecera este mes

Publicado em: 04/09/12 as 17:47 por Micael Batista

Compartilhe:
O I Congresso Humanista Secular do Brasil será realizado nos dias 8 e 9 de Setembro em Porto Alegre. A iniciativa é da Liga Humanista Secular do Brasil, presidida no momento por Eli Vieira.

O evento tem o apoio da Atheist Alliance International (AAI) e quer incentivar a participação de estudantes. Por isso, a organização irá subsidiar a inscrição de 100 estudantes que desejem participar do Congresso.  Fundada em 1991, nos Estados Unidos, a AAI além do subsídio à participação desses estudantes enviará seu presidente, Carlos Diaz, para fazer uma palestra.
O objetivo desta reunião de ateus e humanistas seculares é promover no Brasil “um espaço livre de agressões e assédio para todas as pessoas presentes, independentemente de gênero, identidade de gênero, orientação sexual, etnia, aparência física ou necessidades especiais”.
No primeiro dia, o tema geral a ser discutido é “humanismo”, contando com palestras e mesas redondas de questões de gênero, direitos LGBT, minorias étnicas e racismo, desarquivamento dos arquivos da ditadura, ciência e humanismo, entre outros assuntos.
Durante o segundo dia do evento, o tema será “secularismo”. Serão realizadas palestras e mesas redondas sobre ceticismo, ciência, ateísmo, liberdade de crença, coexistência e tolerância entre fés e crenças, Estado laico, medicina baseada em evidências, sentido da vida na perspectiva racionalista, e muito mais.
A opção pela capital gaúcha é simples: a Liga Humanista Secular do Brasil foi fundada em Porto Alegre e ali residem muitos de seus diretores e membros. O movimento comemora o que considera “uma grande mudança” no Brasil, que inclui a retirada dos crucifixos dentro dos tribunais do Estado.
Entre os palestrantes anunciados estão André Tadeu de Oliveira, pastor da Igreja Presbiteriana Independente e Marcio Retamero, pastor das Igrejas Presbiteriana da Praia de Botafogo e Igreja da Comunidade Metropolitana Betel do Rio de Janeiro.
Comente no Fala malafaia

Compartilhe: