noticias gospel

Pastor Silas Malafaia faz balanço dos 30 anos de ministério, admite erros e se defende: “Quem não quer correr riscos fica na mesmice”

Publicado em: 03/09/12 as 11:36 por Micael Batista

Compartilhe:
A influência do tempo e as mudanças obrigatórias que circunstâncias impõem às pessoas são fatos que não podem ser ignorados, e em décadas, tais mudanças podem ser significativas.

Ao completar 30 anos de ministério, o pastor Silas Malafaia afirma que muitas coisas mudaram em seu modo de enxergar as situações à sua volta: “Aprendi na psicologia social é que o ser humano é um eterno vir a ser, ou seja, ele se contextualiza no tempo. Quem não muda não cresce, não descobre o novo, não amadurece e não conquista”, observou, em entrevista ao portal Guiame.
Sem a dimensão exata do tamanho e da quantidade das mudanças, o pastor Silas Malafaia afirmou que sua busca por crescimento é constante: “O que eu tento é mudar para melhor e mudar naquilo que é importante. Algumas coisas são fundamentos e não se mudam: família, casamento, Deus, princípios teológicos fundamentais […] Há coisas que são feitas para serem mudadas para você crescer, e há coisas que você não muda para ter fundamentos para mudar as que são necessárias mudar, senão você fica vulnerável”, teorizou o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.
O pastor admite que comete erros, porém acredita que sua conta está positiva neste quesito: “De vez em quando eu erro, mas quando eu faço um somatório eu acho que estou na vantagem. Meus acertos têm sido melhores que os meus erros”, argumentou o pastor, que frisa a importância de buscar o crescimento, mesmo que isso signifique alguma exposição: “Quem não quer correr riscos fica na mesmice”, afirmou.
Redação Gospel+
Deixe seu comentario no fala malafaia
Compartilhe: