Lauriete considera vários pontos do novo Código Penal inaceitáveis


Publicado em: 07/09/12 às 13:54 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:43


Compartilhe:
Lauriete considera vários pontos do novo Código Penal inaceitáveisLauriete considera vários pontos do novo Código Penal inaceitáveis
A reforma proposta para o Código Penal tornou-se um desafio para os parlamentares evangélicos que tem se mobilizado contra o que chamam de retrocesso para a sociedade e uma afronta aos princípios cristãos.

Em seu primeiro mandato como deputada, Lauriete (PSC-ES), uma das vozes pentecostal mais lembrada no Brasil, mantém como bandeira de luta o combate ao tráfico de drogas e à violência contra a mulher, o direito dos consumidores, a defesa da família e dos valores cristãos e a busca por maior atenção do Estado no tratamento das dependências químicas.
Lauriete também tem se empenhado contra o novo Código Penal e afirma que a proposta dos juristas em descriminalizar o plantio e o porte de maconha para consumo é uma aberração.
“Considero essa proposta uma verdadeira aberração em todos os sentidos. Sabemos que só existe tráfico por causa do usuário. Ao privilegiarmos esse usuário, permitimos que o traficante continue com sua atividade. O anteprojeto trata do porte para consumo próprio, mas quem determinará qual a quantidade de um usuário? Haverá uma medida? Ora, com essa proposta, o indivíduo poderá portar 500 gramas, um quilo e justificar que é para consumo. Na verdade, o privilégio será para o traficante. Ainda tem o absurdo de poder, inclusive, cultivar a erva em seu domicilio. É realmente um absurdo! O viciado precisa receber, por parte do Estado, atenção para se livrar da dependência e não estímulo para continuar. As propostas até agora vão no sentido de manter o indivíduo no vício”, comentou a parlamentar.
Além disso, a deputada considera o homossexualismo uma opção e portanto não pode ser retirado o direito, de quem não concorda com essa prática. Lauriete também afirma que o PLC 122 não é um projeto de lei para proteger o Movimento LGBT, mas para criminalizar a opinião contra a prática homossexual.
“Quando se fala em crime de homofobia, na verdade, está-se tentando calar ou impedir toda manifestação com relação aos princípios cristãos, que são contra a prática do homossexualismo. Por essa razão, justamente por princípio ético do PSC, de não segregar ou excluir quem quer que seja, que não excluímos pessoas, mas julgamos seus atos e isso não pode ser considerado crime, como propõem os que chamam nossas atitudes de homofobia” disse.
Sobre a proposta que diminui o limite de crime da prática sexual com menores de 14 anos para 12 anos, Lauriete afirma que o projeto estará legalizando a Pedofilia.
“A vulnerabilidade de uma criança de 12 anos é similar ou a mesma de uma de 11 anos e 11 meses, por exemplo. Essa é outra proposta absurda, a exemplo de outras tantas propostas desse projeto de reforma”, considera a parlamentar.
Comente no Fala Malafaia
Compartilhe:



Mais artigos

Tragédia: Pastor morre em acidente de carro quando voltava do velório da sua irmã

Sua esposa e sua sobrinha também morreram no acidente


Cantora gospel cancela apresentação por falta de cachê e fãs não perdoam

Recentemente a cantora Lauriete passou por alguns problemas na mesma cidade, Cametá, no Pará


Idolatria? Vídeo de apóstolo sendo ungido a “Rei” causa revolta e discussão na internet

O apóstolo costuma pregar usando trajes sacerdotais, um cajado, e a sua poltrona mais parece um trono


Anderson Freire fala a verdade no Instagram depois de perder o Grammy Latino

"O que é maior para Deus, a dor do filho ou o resultado do trabalho do filho?"


Cabo Daciolo dá resposta aos inimigos em post no Instagram

O parlamentar fez alguns inimigos em Brasília, mas também conquistou a simpatia de muitos brasileiros


Vanilda Bordieri desabafa em Live no Facebook e diz que “não é a favor do divórcio”

Vanilda está em pé de guerra com alguns seguidores desde a transmissão que fez do casamento relâmpago de sua irmã Célia Sakamoto


Daniela Araújo lança clipe da música “Sonhadora” e dar a volta por cima

"Eu continuo aquela pessoa sonhadora, meio criança meio boba, imaginando coisas boas por aí..."


Jojo Todynho “detona” críticos após ser flagrada cantando música gospel

Ela reclama da falta de tolerância e ataca duramente os seus críticos.


Bebê é abandonado na porta da igreja e religioso toma decisão inusitada

"Me sinto responsável por ele, desejava até adotar a criança"


Álbum “Fraquinho” de Fernanda Brum ganha Grammy e desbanca Anderson Freire e Cassiane

A cantora ganhou com o álbum "Som da Minha Vida"