noticias gospel

Jon Jones x Vitor Belfort: dois cristãos no octógono do UFC 152

Publicado em: 07/09/12 as 1:54 por Micael Batista

Compartilhe:

O UFC 152 terá no seu card principal Jon Jones x Vitor Belfort no dia 22 de setembro, em Toronto, no Canadá. O lutador brasileiro fará um duelo pelo cinturão dos meio-pesados.

Na mesma noite haverá a disputa do primeiro cinturão peso-mosca da organização entre Joseph Benavidez e Demetrious Johnson.
Belfort mostrou uma postura mais agressiva nas entrevistas e provocou o adversário: “Eu vou nocauteá-lo. É bom que ele esteja preparado para mim. Estou lá para lutar, estou lá para vencer. Vai ser leão contra leão. Vou vencer a luta, vou ditar o ritmo. O plano é derrotá-lo”.
Em entrevista ao programa de TV “UFC Tonight”, o presidente do Ultimate, Dana White, voltou a elogiar o brasileiro e previu uma grande luta contra o americano Jones. Ele classificou o embate como “uma luta insana”.
Jon Jones esteve recentemente envolvido em muitas polêmicas depois do cancelamento do UFC 151, pois se recusou a ter Chael Sonnen como seu oponente. Numa entrevista ao programa ‘MMA Hour’, o atual campeão dos meio-pesados comentou que não considerava o brasileiro o mais indicado para o desafio. Ele só foi confirmado após Dan Henderson se lesionar e Lyoto Machida e Maurício Shogun recusarem a encarar o campeão.
Esse realmente não tem sido um ano fácil para o lutador americano. Em maio deste ano ele foi detido pela polícia de Binghamton, Estado de Nova York, após bater seu carro. O atleta apresentava sinais de embriaguez, e foi levado para a chefia de polícia local para esclarecimentos. Quando compareceu diante do juiz, declarou-se culpado da acusação, mas fez um acordo com a promotoria do estado americano.
A pena de Jones foi uma multa de mil dólares e liberdade condicional por um ano, suspensão de sua carteira de motorista para dirigir, e ser incluído em um programa de prevenção do abuso de drogas, restituir o prejuízo das vítimas envolvidas. Também ficou determinado que precisaria instalar um mecanismo de bloqueio da ignição em seus automóveis. O aparelho só permite que o condutor ligue seu carro após um teste numa espécie de bafômetro e ainda repete o exame em horários aleatórios.
Jones disse que se sente “honrado” em duelar com um lutador de seu calibre: “As pessoas que torcem para que eu perca o título, devem estar animadas. Acho que Vitor tem mais chance que Dan Henderson… Eu o respeito muito… Estou honrado de lutar com Vitor Belfort. Ele é cristão como eu, um homem de honra. Lutar com Chael Sonnen? Ele é um idiota”.
As críticas de Jon Jones a Sonnen são um reflexo dos comentários racistas que este fez antes de lutar com Anderson Silva em julho deste ano, quando Sonnen acabou perdendo e foi forçado a mudar de categoria. “Eu disse que achava Chael Sonnen um racista pela forma que tratou os brasileiros. Tenho zero respeito por ele”, finalizou Jones.
Jon “Bones” Jones tem 25 anos, pesa 93 kg e mede 1m95 de altura. Apesar do episódio recente de dirigir alcoolizado, ele faz o estilo tranqüilo, é casado e tem três filhos. Sempre usa versículos bíblicos e agradece a Deus pelas suas vitórias, algo que tem em comum com Belfort, também um pai de família que dá testemunho de fé constantemente. As informações são do Sport TV e R7.
Vídeo promocional: Não deixe de  participar com seu comentário no fala Malafaia
Compartilhe: