Achado reservatório próximo ao Monte do Templo em Jerusalém


Publicado em: 23/09/12 às 14:32 por Micael Batista | Atualizado em 20/05/2018 às 8:39


Arqueólogos israelenses descobriram um tanque de água (cisterna) datado do período do Primeiro Templo de Jerusalém (1006-586 a. C.). O achado pode lançar uma nova luz sobre os usos e costumes da vida na cidade santa há cerca de 2.500 anos atrás.

Encontrado junto ao muro ocidental da praça onde estava o Templo, no chamado Arco de Robinson. O tanque recebia água do poço de Siloé, que ficava algumas centenas de metros além dos muros, explicam os especialistas.
“Está bastante claro agora que Jerusalém não só tinha sua fonte de água em Gion, mas tinha outros recursos para uso público”, afirmou em um comunicado o arqueólogo Eli Shukron, que lidera o projeto da Autoridade de Antiguidades de Israel. A descoberta mostrou que o abastecimento de água de Jerusalém, além de uma fonte de água natural, contava com grandes reservatórios artificiais do tipo agora descoberto.
A descoberta consiste em uma cavidade meticulosamente esculpida na rocha. A evidência da época é determinada pela forma e pelo tipo de reboco, típicos de reservatórios do período do Primeiro Templo descobertos em outros lugares de Israel. Pode-se ver as impressões digitais dos construtores impressas na parece, feitas quando eles terminaram o trabalho, como nos depósitos descobertos nos depósitos similares de Tel Be’er Sheva, Tel Arad e Bet Shemesh.
Essa cisterna é o ponto final de um canal do Vale do “Tyropoeon”, que alguns estudiosos identificam com o “Vale da Decisão” mencionado no Livro de Joel (Joel 4,14) e também pelo historiador judeu-romano Josefo.
Eli Shukron conta que durante o trabalho debaixo do chão do canal, se abriu uma brecha que revelou a presença da cisterna com dois tanques pequenos, capaz de reter 250 metros cúbicos de água, o que faz dela a maior daquela época já descoberta em Jerusalém.
Seu tamanho grande indica que a água era utilizada para as funções cotidianas no Templo e pelo público em geral, seja para banho ou para ser bebida. Provavelmente servia também como local de purificação dos peregrinos antes de subirem para o banho ritual.
O tamanho original e a localização da cisterna sugerem que ele tenha servido para auxiliar nas atividades de rituais no templo, segundo destacou a arqueóloga Tsvika Tsuk da Autoridade de Parques de Israel. “É possível que a grande cisterna encontrada ao lado do Monte do Templo tenha sido usada na operação diária do próprio Templo, mas também serviu para os peregrinos que vinham e precisavam de água para lavar e beber”, completa Tsuk. “A cisterna foi impermeabilizada com um gesso amarelado típico do período e ainda visíveis nas paredes”.
O local testemunha a existência de uma área com uma elevada densidade de construções. Porém, quando o local cresceu em número de habitantes, na época do Segundo Templo, as construções mais antigas foram desativadas, como ocorreu com o reservatório encontrado.
Calcula-se que o Primeiro Templo tenha sido construído por volta de 950 a.C, de acordo com o registro bíblico e destruído por um exército babilônico em 586 a.C. O Segundo Templo foi edificado começou cerca de 50 anos depois e totalmente destruído por soldados romanos no ano 70 d.C.
Depois de completar as escavações, a Autoridade de Antiguidades de Israel, órgão oficial do governo israelense, examinará a possibilidade de incluir este grande reservatório na rota para os visitantes da Terra Santa.
Traduzido de Acontecer Cristiano

 



Aniversariante do mês
Liz Lanne

Cantora

41 anos


Mais lidas

Mais artigos

Conheça Rute Assunção, a cantora gospel que está conquistando o Brasil

Neste sábado(16), a cantora alagoana estará lançando o seu mais novo álbum que se intitula "Voltando pra Casa"


Cantora Damares compartilha experiência marcante e emociona internautas

Damares quebrou o silêncio e trouxe uma palavra de reflexão e um testemunho emocionante


Após vencer o Grammy com CD “fraquinho” Fernanda Brum anuncia novo single

Fernanda Brum fez uma publicação em suas redes sociais onde anunciou o lançamento de seu novo single e com participação especial do cantor Marcos Freire


“Jesus me ama como sou”; diz Augustin Fernandez após ser batizado nas águas

Quem aceitou batizá-lo, foi a liderança da Igreja Apostólica Novidade de Vida, na Zona Sul de São Paulo, já famosa por batizar famosos em ascendência ao evangelho.


André Valadão lança “Cartão de crédito Fé” durante culto na Lagoinha

Sem anuidade, o cartão é próprio para aposentados e pensionistas, e para funcionários públicos


Após participação em DVD gospel, Simone irrita evangélicos ao gravar funk

Simone nunca cogitou a possibilidade de abandonar a sua carreira secular para se dedicar ao gospel, atitude que também foi criticada pela comunidade gospel


Luto: Um ano após trocar de esposa, pastor é assassinado a tiros dentro de casa

A polícia investiga se a morte teve motivação passional ou se o pastor foi morto por engano


Wesley Ros comemora aniversário de 42 anos e recebe o carinho de fãs

O aniversário de Ros aconteceu nesta quinta-feira 14 de fevereiro


Neide Martins fala sobre câncer de mama e evangélicos caem no choro

A cantora segue em carreira solo, desde que o seu sobrinho optou por acabar com a dupla Alisson e Neide


Samuel Mariano desabafa nas redes sociais e crítica igrejas

O cantor se manifestou na manhã desta quinta-feira (14) e pediu socorro pela situação que viu nas igrejas