Comprovado: fumar maconha diminui QI, diz pesquisa


Publicado em: 29/08/12 às 2:22 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:43


Compartilhe:
Enquanto o Senado e a Câmara ainda discutem a permissão para a produção e o porte de drogas para consumo próprio (PLS 236/12) no Brasil, pesquisadores britânicos e neozelandeses revelam estudo em que adolescentes que fumam maconha podem se tornar adultos menos inteligentes.
Os resultados, publicados na revista científica americana Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), apontam que o quoeficiente de inteligência, o famoso QI, sofre uma redução pelo uso contínuo da planta da espécie Cannabis sativa.
Foram avaliadas 1.037 pessoas (52% homens) nascidas entre 1972 e 1973 na cidade neozelandesa de Dunedin. A maioria foi acompanhada dos 3 aos 38 anos de idade.
De acordo com os autores da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, da Universidade Duke e do King’s College de Londres, ambos no Reino Unido, o prejuízo psicológico e cognitivo – ligado a áreas como atenção, raciocínio e memória – é maior entre os usuários mais jovens.
Os pré-adolescentes também tendiam a se tornar usuários persistentes anos mais tarde. Segundo os cientistas, liderados pela pesquisadora Madeline Meier, os efeitos tóxicos da maconha sobre o cérebro continuaram se manifestando no dia a dia mesmo depois da interrupção do uso, de os indivíduos passarem por anos de educação formal e de evitarem outras drogas – incluindo as lícitas, como o álcool.
Os problemas cognitivos foram relatados também por pessoas que conheciam bem os voluntários. De acordo com os autores, como a interrupção ou a diminuição do consumo de Cannabis não foi capaz de restaurar completamente o funcionamento cerebral, isso pode estar ligado ao fato de a adolescência ser uma fase de grande desenvolvimento do órgão.
Os pesquisadores concluem, então, que deve haver um esforço conjunto para retardar o início do uso da maconha, na tentativa de minimizar seus danos à inteligência.
 deixe o seu comentário no Fala Malafaia.
Fonte: Bem Estar
Compartilhe:



Mais artigos

Cantor gospel Kleber Lucas promoverá evento em prol da união de todas as religiões

Kleber Lucas é um dos líderes da (CCIR) Comissão de Combate a Intolerância Religiosa


Em meio a crise financeira no Brasil cantora gospel ganha milhares de Reais e chama atenção

Kemilly Santos é a nova queridinha da Sony Music, entenda como a cantora de “fica tranquilo" tem deixado gravadora e empresário sem tranquilidade.


Cantor gospel flagrado aos beijos com outro homem estaria em depressão profunda

Segundo informações de amigos próximos ao cantor, ele está enfrentando uma forte crise de depressão


Chocante: Avião em que a cantora gospel Fernanda Brum viajou “quase caiu” na Bahia

A notícia foi publicada pela própria cantora gospel em suas redes sociais


Evangélicos e 13 razões para não votar em Haddad

A grande massa evangélica não apoia o candidato e nem concordam com seu plano de governo


Daniela Araújo alcança perdão e recupera número importante na sua carreira

A cantora gospel tem alcançado uma enorme recuperação apenas um ano após o maior escândalo da sua carreira


8 fatos sobre Jair Bolsonaro que os pastores insistem em ignorar

Bolsonaro lidere as pesquisas para presidente no segundo turno e tem apoio da maioria dos evangélicos


Integrante do Coral Kemuel, gay? Será mesmo?

Os rumores de que existe um integrante do Kemuel homossexual circula nos grupos de Whatsapp desde o início da semana


Urgente: Com câncer, cantor famoso clama a Deus por cura

O cantor declarou recentemente que se sente confiante na cura por Deus e comoveu os internautas


Depois de suicídio de pastores, cantores gospel contraem doenças graves. Entenda!

Ludmila Ferber, Fernanda Brum e Pregador Luo, são apenas alguns nomes dos artistas gospel famosos que anunciaram estarem doentes