noticias gospel

Universidade processa estudante que ‘estudou rápido demais’

Publicado em: 04/07/12 as 21:14 por Micael Batista

Compartilhe:

Marcel Pohl, ex-aluno de uma universidade alemã
Uma universidade alemã está processando um de seus estudantes por ele ter completado um curso “rápido demais”, revela o site The Local. Marcel Pohl teria terminado o curso em um quarto do tempo normal estimado para os alunos.

A publicação conta que Pohl completou as aulas em 20 meses, com uma nota de 2,3, sendo que esse período geralmente dura 11 semestres para os alunos. Ele teria se desligado da escola em agosto de 2011.
Agora, a universidade quer ele o homem pague as taxas do curso até o final de 2011, cobrando 3 mil euros extra. “Não acreditei quando recebi o processo. A performance do aluno deveria valer alguma coisa”, disse Pohl ao jornal alemão “Bild”.
O ex-estudante conta que conseguiu completar seus estudos rapidamente porque dividiu as palestras com amigos e trocou notas sobre o que era ensinado. Agora, ele trabalha em um banco.
Apesar disso, a universidade afirma que suas taxas valem para todo o curso, independente do quão rápido ele é feito.
Deixe o seu comentário
Compartilhe: