Mulher cria site para publicar fotos do próprio aborto


Publicado em: 16/07/12 às 13:19 por Micael Batista | Atualizado em 02/05/2019 às 7:07


A americana que se denomina ‘Jane’ (não é seu nome verdadeiro) poderia ser apenas mais uma entre as mais de 800 mil mulheres que anualmente fazem um aborto nos Estados Unidos. Porém, ela ficou famosa rapidamente nas redes sociais quando decidiu postar as fotos do seu feto abortado, gerando um misto de curiosidade e protesto.
Usando um celular, a americana fez imagens do aborto de seu bebê de seis semanas. “Quando entrei no hospital, manifestantes contra o aborto aglomeravam-se na entrada segurando cartazes de fetos mortos. Aquelas imagens grotescas me chocaram de tal maneira que eu me senti pessoalmente agredida, triste e violada”, disse Jane à BBC. “Então, enquanto esperava pela minha vez, eu comecei a pensar na aparência do meu aborto. Foi então que decidi tirar as fotos”, acrescentou.
O motivo para criar o site Thisismyabortion.com, segundo ele, foi mostrar às mulheres uma nova “perspectiva” sobre o aborto. “Espero que isso sirva de contribuição para uma maior educação sobre o aborto. Acredito que as pessoas têm o direito de receberam a educação e informação adequadas”, explica.
Depois de dois dias no ar, Jane diz que o site recebeu milhares de visitantes do mundo todo, e a maioria dos comentários apoiava a sua decisão. Apenas “uns poucos” criticaram a divulgação das fotos.
“Fiquei surpresa com a quantidade de homens e mulheres que escreveram sobre suas histórias pessoais, contando suas vidas, experiências médicas e opiniões… Nunca poderia imaginar que havia tanta gente partilhando uma mesma experiência [o aborto] e que vivia em completo isolamento. Tudo isso é muito gratificante”, acrescentou.
Jane conta que pagou 700 dólares para fazer o procedimento e que recebeu apoio do pai da criança e de sua mãe, que já havia abortado um bebê na década de 1970. “O pai da criança sabia da gravidez e me apoiou do início ao fim. Ele é um homem incrível, um amigo leal, e acredita que é direito da mulher escolher o que é melhor para seu corpo e sua vida”, explica.
“Já minha mãe também me deu o suporte necessário. Ela ficou feliz de que eu teria acesso a uma infraestrutura hospital segura e limpa, além de ser tratada por especialistas”, acrescentou.
Um dos motivos para Jane deixar o site no ar e tentar fazer dele um ambiente onde se pode discutir o assunto é que este ano há eleições para presidente e os conservadores sempre trazem essa questão para ser debatida pelos candidatos. O aborto é legalizado em todos os estados americanos desde 1973, mas ainda divide opiniões.
Uma pesquisa feita este ano pelo Instituto Gallup mostrou que 49% dos americanos eram a favor das mulheres “escolherem” se queriam ter o bebê, enquanto 46% eram contrários a prática.
Fonte: Gospel prime



Aniversariante do mês
Álvaro Tito

Cantor

53 anos


publicidade

Mais artigos

Cantora evangélica é acusada de abandonar o pai entre a vida e a morte

Diante de todo o drama vivido pelo pai sendo exposto desta forma, ela foi procurada e prestou esclarecimento


Pastor Hueslen lamenta morte de entes familiares e comove internautas

Os dois filhos dos primos do pastor Hueslen Santos morreram afogados logo depois de um momento de descuido dos responsáveis


Escândalo envolvendo igreja evangélica ainda repercute no exterior

Naasón Joaquín García, foi preso no aeroporto de Los Angeles sob acusação de tráfico de pessoas, pornografia infantil e abuso de menores


Quatro fatos intrigantes sobre o assassinato do pastor Anderson do Carmo

Pouca coisa foi esclarecida diante das perguntas que ainda hoje permanecem sem respostas


Sarah Farias explica cancelamento de agenda e pede perdão à igreja

Os seguidores elogiaram a atitude da cantora, e deixaram muitas mensagens de apoio


Violência: Pastor é assassinado a tiros em frente a igreja

O pastor foi socorrido por vizinhos e levado para a UPA de Serra Sede, mas não resistiu e morreu antes de receber atendimento


Teto de igreja evangélica desaba após incêndio e pastor se desespera

De acordo com a Polícia Militar, um curto circuito pode ter causado o incêndio


Irmãos suspeitos de matar pastor se entregam à polícia

Os suspeitos estavam foragidos e com mandado de prisão em aberto após serem indiciados pela morte do pastor evangélico Edenilton Félix


Nesta segunda Flordelis prestará depoimento à polícia sobre morte do marido

Flordelis também pretende conceber uma entrevista coletiva aos jornalistas na próxima terça-feira 25


Segundo a polícia, cenário macabro foi encontrado na casa de Flordelis, saiba mais

Todas as pessoas que estavam na casa no dia do crime estão sendo investigadas