Cresce especulação sobre o fim da busca pela ‘partícula de Deus’


Publicado em: 03/07/12 às 15:13 por Micael Batista | Atualizado em 29/08/2017 às 23:43


Compartilhe:

Uma das mais importantes questões da ciência atual pode finalmente ter uma resposta nesta quarta-feira (3). Em conferência prevista para as 4h (horário de Brasília), representantes de dois dos principais experimentos do Grande Colisor de Hádrons (LHC) — maior acelerador de partículas do mundo, operado pelo Centro Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern) na fronteira entre França e Suíça — apresentarão os últimos resultados da sua busca pelo Bóson de Higgs.

Apelidada “partícula de Deus”, esta é a única das 32 partículas fundamentais do Universo (prótons, nêutrons e elétrons, entre outras) previstas pelo Modelo Padrão da Física (MP), formulado em 1964, que ainda não não foi detectada, embora teoricamente seja responsável por dotar de massa todas as outras partículas.

“Temos critérios bastante rígidos e uma regra do jogo é não estragar a festa, mas posso dizer que é uma situação muito interessante”, conta o físico Alberto Santoro, professor da Uerj e principal pesquisador brasileiro no Cern, onde está para participar da conferência de amanhã.
Em evento similar em dezembro do ano passado, os cientistas do Cern já haviam informado ter restringido o possível “esconderijo” do Higgs a uma curta faixa de energia entre 124 e 126 gigaeletronvolts (GeV)/c2. Pela Teoria da Relatividade de Einstein e sua famosa equação E=Mc2, energia e matéria são intercambiáveis. Assim, como não é possível observar o mundo subatômico diretamente, os pesquisadores usam poderosos aceleradores para chocar feixes de matéria a velocidades próximas à da luz, procurando por assinaturas de energia que indiquem a formação e decaimento das partículas subatômicas. Agora, os cientistas das colaborações do LHC, batizadas CMS e Atlas, dobraram a quantidade de dados acumulados e a expectativa é de que eles tenham atingido uma “massa crítica” no número de colisões que os permita confirmar a existência do Bóson de Higgs.
Reforçando mais as especulações em torno da conferência no Cern, ainda nesta segunda-feira (2) pesquisadores do acelerador americano Tevatron, que até a construção do LHC era o maior do mundo, anunciaram a análise final de seus experimentos na busca pelo Bóson de Higgs, encerrados no ano passado.
Depois de estudarem cerca de 500 trilhões de colisões em cada experiência, conhecidas como CDF e DZero, os cientistas determinaram que, se o bóson existe, ele tem massa entre 115 e 135 GeV/c2, em linha com os achados no Cern. Murilo Santana Rangel, professor do Instituto de Física da UFRJ que participou do DZero e hoje atua no LHC, acredita que a apresentação na Suíça terá o tão esperado anúncio da descoberta do Higgs. “Isso vai fechar o ciclo de descobertas e dará a explicação final para a massa de todas as outras partículas”, diz.
Segundo Rangel, com as características básicas do Higgs em mãos, os cientistas terão um importante parâmetro para refinar os cálculos na busca de uma teoria capaz de unificar as quatro forças fundamentais do Universo — gravidade, eletromagnetismo, nuclear forte e fraca, o Santo Graal da física moderna.
Deixe o seu comentário
Compartilhe:



Mais artigos

Foi um teatro, diz apóstolo sobre suposta consagração a “Rei”

Italo explica que o que realmente ocorreu foi uma peça teatral que aconteceu no ano de 2015


Cantor gospel que saiu do armário fala em voltar para igreja

"Ei Jerusalém! Fui só um passageiro em Babilônia"


Fernandinho cancela apresentação e causa transtornos para organizadores do evento

O cantor iria se apresentar na V Marcha Balsas pra Jesus, no Maranhão


Vontade de viver: Ludmila Ferber faz o inesperado e surpreende seguidores

Ludmila tem compartilhado o dia a dia de suas viagens para  ministrar, e surpreendeu seus seguidores na postagem deste domingo


Davi Sacer fica em “choque” por filha ter tomado decisão importante

"Eu e minha casa servimos ao Senhor! Parabéns pra minha princesa"


Tragédia: Pastor morre em acidente de carro quando voltava do velório da sua irmã

Sua esposa e sua sobrinha também morreram no acidente


Cantora gospel cancela apresentação por falta de cachê e fãs não perdoam

Recentemente a cantora Lauriete passou por alguns problemas na mesma cidade, Cametá, no Pará


Idolatria? Vídeo de apóstolo sendo ungido a “Rei” causa revolta e discussão na internet

O apóstolo costuma pregar usando trajes sacerdotais, um cajado, e a sua poltrona mais parece um trono


Anderson Freire fala a verdade no Instagram depois de perder o Grammy Latino

"O que é maior para Deus, a dor do filho ou o resultado do trabalho do filho?"


Cabo Daciolo dá resposta aos inimigos em post no Instagram

O parlamentar fez alguns inimigos em Brasília, mas também conquistou a simpatia de muitos brasileiros