Ator que interpreta Cirilo em Carrossel processa o SBT por Bullying

Nesta semana o astro-mirim foi internado para tratamento de um quadro depressivo severo que o acometeu após o início das gravações da novela.


8 anos atrás | Micael Batista




Jean Paulo Campos tem apenas 10 anos de idade e já carrega sobre seus ombros o peso de interpretar o mais importante personagem infantil da teledramaturgia na atualidade. Ele interpreta o personagem Cirilo no remake da novela Carrossel que está sendo produzido pelo SBT. Seu personagem é um garoto negro e pobre que se apaixona pela menina mais rica da escola. Maria Joaquina, alvo de sua paixão, o rebaixa das formas mais cruéis em função de sua classe social e cor da epiderme.

Nesta semana o astro-mirim foi internado para tratamento de um quadro depressivo severo que o acometeu após o início das gravações da novela. Jean foi diagnosticado após os professores perceberem uma elevada lentidão psicomotora e quadro de tristeza e angustia latentes. A perda de peso também vinha sendo observada, mas a família acreditou que se tratava apenas queima calórica fruto de suas múltiplas atividades.

Os médicos do Hospital da Beneficência Portuguesa que assinaram o laudo médico apontam uma íntima relação entre o bullying sofrido pelo personagem com a patologia do ator. O Dr. Henry Silveira Godri em entrevista a esta reportagem afirmou que “nesta idade as crianças ainda não possuem filtros eficientes para distinguir ficção de realidade. Não é fácil para uma criança suportar tamanha humilhação. Vale lembrar que na Argentina o ator que viveu o mesmo papel hoje sofre de transtornos mentais e está preso”.

De fato Marcelo Fabián Rodríguez, primeiro intérprete do personagem Cirilo, hoje cumpre pena por ter cometido assalto a mão armada. Caso bem semelhante ao do ator Fernando Ramos da Silva que interpretou o personagem Pixote no filme “Pixote, a lei do mais fraco” de 1981. A depressão por não conseguir um novo emprego no cinema nem na TV o levou a criminalidade e posteriormente a morte em função de uma troca de tiros com policiais militares.

A família do jovem ator pensa em processar o SBT, o canal mexicano Televisa e também a atriz Larissa Manoela (11), que no remake interpreta a personagem Maria Joaquina. Para o advogado Antonio Cunha Lira “cabe indenização do SBT por ter submetido a criança a tortura psicológica. Cabe ao canal Televisa uma ação de responsabilidade civil por gerar conteúdo racista e a atriz Larissa Manoela uma reparação por prática de bullying. Calculamos uma indenização de R$ 28 milhões sendo R$ 20 milhões da Televisa, R$ 7,5 milhões do SBT e R$ 500 mil da família da atriz Larissa Manoela. Eles precisam aprender a não humilhar nossos irmãos de cor. Quem mandou mexer com a favela?”




publicidade

Mais artigos

Igreja evangélica estima prejuízo de R$ 200 mil após ciclone em Blumenau

A Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil, foi tombado como patrimônio histórico em 2002.


Cantora Aline Nunes vence Covid-19 e se prepara para lançar novo single

A cantora emocionou o país quando participou de uma homenagem a pastora Ludmila Ferber no Programa Raul Gil


Pastor faz duras críticas a líderes religiosos que descumprem decreto

“Lideres pregam a obediência mas não obedecem?" desabafou o pastor


Após questionamentos, Daniela Araújo revela que se casou em secreto

Daniela disse que um dos motivos dessa decisão foi a sua privacidade


Marido pode ter traído e espancado Elaine de Jesus; Ouça conversa com novinha

O pastor Alexandre Silva está proibido pela justiça de se aproximar de Elaine de Jesus


“Serva de Deus”, espanca homossexual com barra de ferro

Ela alegou que vítima teria que morrer por causa da sua orientação sexual


Casal de pastores da Igreja Quadrangular morre vítima da Covid-19

O pastor morreu às 8 horas do sábado (27), e a pastora às 23 horas do domingo (28)


Filho da cantora Eyshila volta a debochar da bíblia: “Não é perfeita”

Essa não é a primeira vez que Lucas critica as escrituras sagradas em suas postagens do Instagram


Pastor que não acreditava na Covid-19 morre vítima do vírus

O líder religioso tinha 53 anos e não possuía nenhuma comorbidade


Assembleia de Deus pode responder criminalmente por ignorar pandemia

O pastor presidente Luiz Gonzaga, também pode responder criminalmente por desrespeitar o isolamento