Álvaro Tito completa 30 anos de carreira e ganha biografia


Publicado em: 23/07/12 às 10:54 por Micael Batista


Compartilhe:
Trabalho inédito do compositor e produtor Elvis Tavares é a primeira biografia de cantor gospel nacional
“Pois não há barreiras para aquele revestido do poder que vem de Deus, destruindo todo mal e dor. As mais altas barreiras tu irás transpor”, cantou em 1986, um jovem e promissor talento.

Composta por Elvis Tavares, o sucesso de “Não há Barreiras” elevou Álvaro Tito, então com 21 anos, ao apogeu da música gospel nacional. Agora, 26 anos depois, o intrépido produtor musical lança “Álvaro Tito – Uma biografia sem barreiras” (Ágape Editora), primeira biografia de um cantor gospel nacional. “Os livros sobre a trajetória de Aline Barros, Cassiane e Bispa Sônia são, na verdade, autobiografias”, lembra o autor. 

No livro, finalizado nos dois meses paralelos ao lançamento do último CD de Tito, o compositor retrata a trajetória musical do intérprete desde a gravação de seu primeiro trabalho fonográfico, o LP “Meu ser para Cristo”, até o CD “Reinas em glória”, produzido em 2011, pela Sony Music
A biografia de Tavares eterniza um ícone da música brasileira que as novas gerações precisam conhecer. 
O LIVRO 
Desde a década de 1980, o cantor e compositor Álvaro Tito tem revolucionado a música evangélica no Brasil.
A indústria fonográfica brasileira demorou a perceber o potencial que um intérprete gospel brasileiro poderia alcançar, até conhecer esse grande talento, que trouxe um estilo arrojado e apurada técnica vocal, podendo ser comparado com grandes artistas, nacionais ou internacionais, da música pop.
Álvaro Tito, contudo, decidiu trilhar o caminho de Deus. Ele era contratado de uma gravadora holandesa que logo percebeu o impacto que um disco seu teria para a música popular. O cachê oferecido a ele foi tentador, deixando o jovem prodígio em dúvida sobre o caminho que deveria seguir. Álvaro não respondeu de imediato. Alguns dias depois, ao apresentar-se em uma pequena igreja do Rio de Janeiro, uma irmã, tomada pelo Espírito Santo, relembrou- lhe da chamada divina para o seu ministério. Aquilo foi decisivo em sua vida. Agradeceu o convite, mas decidiu continuar sua bela jornada que está na iminência de completar trinta anos de dedicação à obra de Deus.
Com informações Diário Gospel – Por Lucas Ricardo
Compartilhe:



Mais artigos

Saiba mais: O que levou o pastor José Wellington a tocar trompete durante o culto?

Sem que ninguém esperasse o pastor surpreendeu a todos com a atitude inusitada


Aline Barros comemora 18 anos de aniversário de casamento

Gilmar Santos foi jogador de alguns times nacionais e internacionais, hoje ele é pastor em uma igreja no Rio de Janeiro


Depois de cantar em evento gospel, Ton Carfi prestigia luta de amigo no UFC

Ton foi um dos cantores que participaram do  Canto pela Paz em São Paulo


Dossiê Magno Malta: Youtuber polêmico revela passado obscuro do Senador pastor

O vídeo vem dividindo as opiniões dos internautas


Cantor gospel famoso separa da mulher e casa em segredo com novinha

O cantor gospel já se envolveu em outra grave polêmica em 2015


Apóstolo que foi preso com dólares na “cueca” unge Bolsonaro em hospital

O líder esteve no último sábado 22 visitando o presidenciável


Surpreendente: Pastora muda visual e mostra antes e depois

Para mim academia era para gente magra, musculosa, jovem... Eu estou vencendo o preconceito!


10 Notícias para entender o mundo gospel no mês de Setembro

Tragédias, acidentes, polêmicas, surpresas, um emaranhando de situações que fizeram de setembro um mês totalmente atípico no mundo gospel


Pastor famoso se une a Kleber Lucas e posa ao lado de pai de santo contra intolerância

Ele é Pastor Presidente da Igreja Batista Betânia, e muito conhecido no meio gospel


Por que Fernanda Brum e Damares deixaram de seguir Shirley Carvalhaes no Insta?

As cantoras gospel parecem seguir o exemplo de Cassiane