Veja o que muda na rotina da cidade carioca com a Rio+20


Publicado em: 13/06/12 às 13:28 por Micael Batista


Compartilhe:


Para receber os mais de cem chefes de estados e outras 30 mil pessoas aguardadas para a Rio+20, conferência das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável, que vai de 13 a 22 de junho, a rotina da cidade terá de ser alterada. Aulas vão ser suspensas em escolas públicas e privadas e o sistema de transportes vai operar com toda a frota nas ruas.
As mudanças no trânsito já pudem ser sentidas nesta quarta-feira (13), quando suspenderam as faixas exclusivas e as interdições de vias para obras. As faixas reversíveis não funcionarão nos dias 20, 21 e 22. A Avenida Niemeyer, em São Conrado, Zona Sul, vai operar em mão única. Por ela, passarão as comitivas dos chefes de estado.

A CET-Rio aconselha a população a utilizar o transporte público já a partir do dia 18, quando começam a chegar os chefes de estado e será necessário interromper temporariamente o trânsito para a passagem das autoridades. Desta forma, espera-se reduzir os engarrafamentos.

População deve optar pelo transporte público durante os dias do evento
O tráfego será mais afetado nas principais vias de ligação entre o Aeroporto Tom Jobim, na Ilha do Governador, e os hotéis, que ficam basicamente na Zona Sul e na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, entre os dias 18 e 22.
Por medida de segurança, no dia 20 as avenidas Salvador Allende e Abelardo Bueno, na Barra da Tijuca, vão ser interditadas das 17h às 18h30 para a passagem dos chefes de estado do Riocentro para um evento na Arena da Barra.
A população deve dar preferência ao transporte público para circular pela cidade. Segundo a Secretaria de Transportes, ônibus, barcas, trens e metrô vão operar com a capacidade máxima, inclusive no fim de semana. Para os eventos, serão colocados 350 ônibus para levar os participantes credenciados. Esses ônibus vão partir de pontos estratégicos, como o shopping Riosul, em Botafogo, e passar pelas estações Cardeal Arcoverde e General Osório, do metrô.
Para que os visitantes possam circular com mais tranquilidade pelo Rio, não haverá aulas nas escolas públicas e privadas – de creches a estabelecimentos de ensino superior – nos dias 20, 21 e 22. Será ponto facultativo nesses dias nas repartições públicas municipais, estaduais e federais.
Registre o seu comentário
Compartilhe:



Mais artigos

Pastora Ludmila Ferber mostra cabeça após queda de cabelo e faz confissão emocionada

Pela primeira vez após revelar estar com a doença, a pastora mostra o efeito da quimio em seu cabelo


Saiba quais são os cantores gospel famosos que estão enfrentando doenças graves

Os casos acabaram acontecendo quase ao mesmo tempo e deixando muita gente preocupada


Ouça a musica gospel que pode virar um “hino” na luta contra a depressão

Leandro Prado é CEO da Observ Design


Malafaia inaugura restaurante da filha e detalhe causa polêmica

No restaurante da filha do pastor, foi instalada uma adega e isso despertou a ira dos críticos


Pregador famoso é flagrado usando transporte público e mostra que é gente como a gente

Mesmo com carro na garagem, muitas vezes ele usa ônibus ou metrô para atender alguns compromissos


Ex-artista da Globo volta ao evangelho e anuncia retorno a música gospel

Ele foi vice-campeão do quadro "Iluminados", no Domingão do Faustão da Globo


Vice-presidente da Assembleia de Deus de Pernambuco grava vídeo e se defende de acusações

O pastor alegou que falsificaram um documento e atribuíram a sua pessoa


Pastor Silas Malafaia sai em defesa de Marcelo Crivella: “Tudo armação”

Crivella desmente as acusações, e afirma que sentença do juiz do Rio não se baseia nos fatos


“FUI CURAR E FUI CURADA”diz cantora Eyshila após visitar a pastora Ludmila Ferber que está com câncer

Eyshila se surpreendeu com a determinação e a garra da pastora


“Vice presidente da Assembleia de Deus Madureira faz alerta grave sobre “ré-te-té”

A palavra reteté ficou muito conhecida e popular entre os evangélicos pentecostais