UFC 147: competição de MMA é marcada por protesto de evangélicos e demonstração de fé dos atletas


7 anos atrás | Micael Batista




No último sábado a cidade de Belo Horizonte foi palco do UFC 147. Na capital mineira a competição de MMA, considerado por muitos como um esporte violento, foi marcada por protestos de evangélicos e demonstração de fé dos atletas.
Apesar da discussão sobre a violência levantada pelos evangélicos, segundo o GPrime, muitos atletas manifestaram sua fé durante o evento esportivo. Wanderlei Silva que perdeu a luta para o americano Rich Franklin, se ajoelhou e orou antes de subiu ao octógono.
Evangélico, o lutador Rodrigo Damm também fez sua demonstração de fé no evento, Damm usou a música “Nuvem de Glória” de Fernanda Brum como fundo musical para subir ao octógono, para a luta na qual derrotou Anistávio Gasparzinho. Ao final da luta o pugilista, que tem a palavra “missão” tatuada no peito, fez ainda uma oração de agradecimento: “Obrigado Senhor, obrigado Deus, meu nome é missão”.
A tatuagem do lutador é uma referência à igreja capixaba Missão Praia da Costa, da qual ele faz parte.
De acordo com o Terra, Silva criticou a postura dos evangélicos em relação ao evento e destacou a importância de se protestar sobre assuntos mais relevantes. “Tem que fazer protesto contra crack, não contra esporte. Não tem que fazer protesto nenhum contra o MMA. Nós vivemos disso, representamos uma massa e temos muitos fãs e admiradores. O esporte é a salvação”, afirmou o lutador, que ressaltou ainda o crescimento do esporte no Brasil e destacou o lado humano a luta: “o MMA está crescendo muito no Brasil. Aqui o pessoal sempre gostou de luta, mas não tinha muito acesso. A gente mostrou que por trás do lutador tem um pai, um filho. São pessoas que correm atrás do sonho como todo brasileiro”.
O diretor de Desenvolvimento Internacional do UFC, Marshall Zelaznik, afirmou que essa não foi a primeira vez que enfrentam problemas com grupos religiosos por causa do esporte. “Já tivemos que enfrentar protestos. O Wanderlei estava lá na Alemanha. São coisas para quais nós estamos preparados. Não temos que discutir com ninguém e não teremos problemas no Brasil, um país que tem tradição no MMA”, afirmou, lembrando o primeiro UFC na Alemanha quando, revoltados com a chegada do evento no país, religiosos alemães protestaram contra a violência do MMA.
“Sempre vai ter esses protestos. Mas agora é nossa onda”, destacou o lutador Maurício Shogun. Ele ainda comparou o MMA ao futebol e ao hóquei, e afirmou que se trata apenas de mais um esporte de contato.
Fonte: Gospel+

 




publicidade

Mais artigos

O que Michele do Carmo revelou à polícia antes de morrer ?

A irmã do pastor Anderson do Carmo acreditava no envolvimento de Flordelis


Advogado da família de Anderson do Carmo acredita que irmã do pastor foi “assassinada”

Michele do Carmo de 39 anos morreu na madrugada dessa segunda-feira 21


O que você não sabe sobre a morte da irmã de Anderson do Carmo

Ela estava internada para se tratar de uma anemia, mas faleceu na madrugada dessa segunda-feira


Flordelis toma atitude inesperada ao saber da morte de sua cunhada

Michele do Carmo morreu na madrugada dessa segunda-feira 21


URGENTE: Morre irmã do pastor Anderson do Carmo

A notícia foi divulgada pelo filho adotivo do pastor Misael Andrade


Lauriete explica porque não compareceu a evento do Gideões Missionários

O nome da cantora estava no cartaz como uma das atrações do congresso


Obreiros pedem a saída do Pastor Ailton José Alves da presidência da AD Pernambuco

O pastor Ailton e a diretoria da IEADEP estão sendo investigados pela Polícia Federal e pelo MPPE


Urgente: Pastor que evangelizava nas favelas é executado por traficantes

O pastor estava em casa quando foi surpreendido por dois homens que já chegaram atirando


Um ano após polêmica Samuel Mariano é consagrado a evangelista na ADBrás

O cantor se tem sido peça importante em Alagoas para o bispo Samuel Ferreira


Fadi Faraj pode ter a prisão preventiva decretada

Fadi Faraj nega as acusações e diz não entender o motivo que motivou as mulheres a fazer tais acusações contra ele.