noticias gospel

Projeto de lei propõe venda de ruas para a Igreja Batista da Lagoinha

Publicado em: 16/06/12 as 14:24 por Micael Batista

Compartilhe:
Projeto de lei propõe venda de ruas para a Igreja Batista da Lagoinha

Está tramitando na Câmara dos Vereadores de Belo Horizonte um projeto de lei que propõe a alienação (para venda) de trechos de ruas da cidade para a Igreja Batista da Lagoinha. Tais trechos seriam destinados à construção do novo templo da denominação, com capacidade para cerca de 30 mil pessoas.

O Projeto de Lei 1802/2011 propõe autorizar a venda ou permuta de trechos de ruas no Bairro São Cristóvão, na Região Nordeste da capital mineira, para a igreja. O autor do projeto, o vereador João Oscar (PRP), é membro da igreja e negou que a atitude tenha cunho político.
“A ampliação é uma necessidade. As ruas não têm pavimentação, nenhuma utilidade, não tem tráfego, e os terrenos do entorno são todos da igreja”, justificou o parlamentar. De acordo com o Jornal Estado de Minas, o espaço público onde há inclusive postes demonstrando a existência de ruas – já virou estacionamento da igreja antes mesmo de ser vendido.
O vereador justifica a proposta afirmando: “Esses trechos hoje fazem parte da área destinada à construção do novo templo desta conceituada igreja de Belo Horizonte, com capacidade para 30.000 pessoas, e que, sob os mesmos princípios e valores praticados pela Igreja Batista da Lagoinha em seus mais de 50 anos de existência, certamente será mais uma referência na formação cristã e humanística, na prestação de assistência social e no desenvolvimento da cidadania em nossa capital, inclusive com a valorização do seu entorno”.
O projeto também autoriza o município a receber como pagamento pelo terreno ocupado um imóvel de valor menor, desde que a diferença em relação ao preço da área vendida seja paga pelo comprador.
Fonte: Gospel+
Compartilhe: