Cristãos apoiam o candidato islamita Mohamed Mursi nas eleições presidenciais do Egito


Publicado em: 18/06/12 às 12:44 por Micael Batista | Atualizado em 08/05/2019 às 14:48


Está acontecendo nesse fim de semana no Egito o segundo turno da eleição presidencial, na qual o primeiro presidente pós-Mubarak será escolhido nas urnas. Em todo o país é tida como certa a preferência dos cristãos pelo candidato secular Ahmed Shafiq, rival do islamista Mohamed Mursi, da Irmandade Muçulmana. Porém, alguns cristãos seguem a ordem oposta dessa lógica declararam seu apoio ao candidato islâmico.
Shafiq, é ex-ministro de Hosni Mubarak e é tido como uma escolha natural dos mais de 8 milhões de cristãos no Egito que temem que, se escolhido, Mursi transformaria o país em um Estado islâmico e ameaçaria as minorias.
De acordo com o Terra, muitos cristãos afirmam não se encaixar em um perfil amedrontado pelo islamismo e se declararam a favor de Mursi. “Sou cristão, mas não acho que me encaixo no perfil de grupo religioso amedrontado com islamistas. Votar em Shafiq apenas por ser secular e para barrar os islamistas é trair a revolução”, declarou por telefone o cristão copta Kamal Zuheir, ativista e advogado.
Zuheir afirmou ainda que os cristãos coptas estão sendo erroneamente associados à figura de Shafiq e a elite pró-Mubarak. “Associar os cristãos como elite é um grande erro. Muitos coptas sofrem dos mesmos problemas sociais e econômicos que os muçulmanos. Durante os anos de Mubarak, os cristãos sofreram abusos de direitos humanos e intimidações das forças de segurança”, salientou.
Segundo o ativista, algumas das piores atrocidades cometidas contra a comunidade cristã aconteceram durante o regime de Mubarak. E que Shafiq recebeu o apoio apenas da velha geração, cenário que não foi o mesmo com os jovens.
“Em geral, jovens cristãos ativistas votaram em massa para o candidato nasserista de esquerda Hamdeen Sabbahi porque era a lógica da revolução. Isso não quer dizer que um candidato como Mursi (Irmandade) não seria uma opção. E Shafiq não é uma opção obrigatória só porque somos cristãos”.
Fonte: Gospel+



Aniversariante do mês
Álvaro Tito

Cantor

53 anos


publicidade

Mais artigos

Kemilly Santos atinge marca histórica e clipe fica no top 10 do YouTube

A reprodução está no Top 10 dos vídeos em alta no YouTube. Sobretudo, em apenas poucas horas este trabalho já chega perto das 100 mil visualizações


Motorista embriagado bate em parede de igreja evangélica

Imagens feitas no local mostram que o carro parou bem próximo às cadeiras onde os fiéis da igreja sentam


Com ‘música secular’ no repertório, Priscilla Alcantara é atração da Marcha Para Jesus

Essa é a 10ª vez que Priscilla participa do evento que acontece nesta quinta-feira 20 em São Paulo


Aline Barros anuncia participação no Programa do Faro neste domingo

Em outro momento Aline Barros já havia anunciado sua participação. Ela chegou a publicar no seu Instagram fotos do dia da gravação para o programa


Flordelis visita o filho na delegacia e diz que quer justiça “seja lá quem for”

A perícia afirmou nesta quarta que a pistola encontrada escondida na casa de Flordelis foi usada no assassinato do pastor Anderson do Carmo


Isaias Saad desabafa e manda recado para aspirantes a ‘profeta gospel’

O cantor ficou conhecido no Brasil inteiro através da canção "Ousado Amor"


Polícia Civil prende quadrilha suspeita de aplicar golpes em evangélicos

A Polícia Civil da Paraná deflagrou, nesta quarta-feira (19), uma operação contra uma quadrilha suspeita de aplicar golpes na venda de pacotes de turismo


Polícia prende pastor acusado de abuso sexual dentro de igreja evangélica

o pastor que abusou da filha de Bragg, foi permanentemente removido da Village. No entanto, a igreja nega que ele tenha sido demitido por abuso sexual


Isadora Pompeo abre o jogo e esclarece patrocínio de “cervejaria”

Esta manhã Isadora Pompeo publicou uma foto em um local que parecia ser uma pista de kart. A cantora teve que esclarecer sobre o patrocínio em seu macacão


Confira a foto da arma que executou o pastor Anderson do Carmo

A arma encontrada no quarto do filho da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), uma pistola calibre 9mm, foi a utilizada para matar o pastor Anderson do Carmo